Beleza Extraordinária

Cuidados com a pele: descubra as principais mudanças de rotina dos 20 para os 30 anos

  • Aos 30 anos a rotina de cuidados precisa mudar - confira as dicas de uma expert de Hollywood para manter a pele impecável nessa faixa etária
Tela cheia
Previous Next
Aos 30 anos a rotina de cuidados precisa mudar - confira as dicas de uma expert de Hollywood para manter a pele impecável nessa faixa etária

Embora os 20 anos marquem o início do uso de produtos anti-idade, é apenas aos 30 que as mudanças realmente começam a aparecer na pele. Textura mais seca, os primeiros sinais de expressão e algumas bolsas nos olhos - nada disto precisa ser um problema se a rotina de cuidados ganhar algumas modificações ao chegar nessa idade.

Para ajudar a mapear os novos costumes que devem ser adquiridos nessa fase, a dermatologista Kate Somerville, conhecida como "guru do brilho" - uma espécie de referência à pele radiante - revelou os segredos que indica para sua seleta cartela de clientes, entre elas algumas estrelas de Hollywood como Jessica Alba e Paris Hilton.

Preocupe-se mais em inserir substâncias anti-idade em sua rotina de beleza

Os cuidados anti-idade que durante os 20 se restringiam à apenas um creme durante a noite, precisam ser ampliados com a chegada dos 30. A profissional aconselha o uso de cosméticos com retinol pelo menos duas vezes por semana durante a noite - a aplicação não precisa ser diária porque a substância deixa a pele sensível e ainda não há tanta necessidade.

Outro segredo para adequar a rotina é trocar alguns produtos que já eram usados antes por versões que foquem na questão do envelhecimento. Os hidratantes com peptídeos, por exemplo, podem substituir o produto comum que é passado todos - a substância ajuda no combate às rugas estimulando a produção de colágeno, o que deixa a pele firme e lisa.

A esfoliação aos 30 também não pode ser a mesma da década passada. Mesmo que seja de extrema importância nos dois períodos, a frequência precisa aumentar com o tempo e, ao invés de só esfregar para renovar mecanicamente as células do rosto, pode ser que o procedimento agora precise da adição de algumas enzimas para ficar mais eficiente.

Saiba como lidar com a acne

Um erro comum dessas mulheres, segundo Kate, é continuar usando produtos para acne mesmo que as espinhas já tenham desaparecido - isso pode ressecar e danificar a saúde da pele. Já quem chega aos 30 ainda com espinhas, mas a pele oleosa já está um pouco mais seca, deve procurar por algum sabonete com ácido glicólico, que vai deixar a pele limpa o suficiente para diminuir as erupções, mas também vai ajudar com as rugas.

Não descuidar da esfoliação e conseguir o hidratante certo para o seu tipo de pele também é um passo fundamental: "você precisa de hidratação, mas talvez não precise de tantos óleos", diz a dermatologista. Para Kate, a melhor escolha nesses casos é algum sérum com ácido hialurônico.

Dê mais atenção para lábios e olhos

Segundo Kate, duas áreas que precisam começar a receber uma atenção especial nessa época da vida são olhos e lábios: "é onde nós vamos começar a ver nossa idade durante os 30", conta. Para amenizar possíveis bolsas nos olhos, a dermatologista aconselha a procurar cremes com essa finalidade específica e para quem já estiver notando algumas linhas de expressão ao lado dos olhos ela indica produtos que contenham em suas fórmulas substâncias como o tão comentado veneno de cobra: "é como um botox de aplicação tópica, mas sem a toxina botulínica", revelou ao site PopSugar.

Kate lembra que os lábios são uma área que denunciam bastante a idade e aconselha a esfoliação como um cuidado básico: "esfolie os lábios e ao redor, aplicando em seguida um hidratante labial", ensina a expert que ainda diz que uma hidratação mais potente todas as noites nessa área também pode ajudar. O passo final é sempre usar batom ou balm com proteção solar para proteger a boca das agressões do sol.

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais