Beleza Extraordinária

Cronograma capilar: como montar, quais produtos usar em cada etapa e por quanto tempo fazer os tratamentos em casa

  • Veja como fazer o cronograma capilar da forma certa em casa (Foto: Instagram @ashleybondbeauty)
Tela cheia
Previous Next
Veja como fazer o cronograma capilar da forma certa em casa (Foto: Instagram @ashleybondbeauty)

O cronograma capilar é a melhor alternativa para manter os cabelos saudáveis, fortes e cheios de brilho. Ele é a solução perfeita para ajudar todos nos tipos de fio no pré e pós química, ou mesmo para recuperar a saúde das madeixas depois de agressões externas causadas pelo sol e ferramentas de calor, por exemplo. 

Mas afinal de contas, como montar o cronograma certo para cada tipo de cabelo? Quais produtos precisam ser usados? E por quanto tempo é preciso investir nesses cuidados? A gente te conta tudo na matéria com o guia completo sobre o assunto. Continue lendo e tire suas dúvidas!

Como montar o cronograma capilar certo? Comece pelo teste de porosidade

Para montar o cronograma capilar perfeito para as necessidades do seu tipo de fio, é preciso fazer uma análise dos seus cabelos com o teste de porosidade. Primeiro, encha um copo com água e coloque alguns fios de cabelo dentro. Depois, espere 10 minutos para ver se os fios vão afundar, ficar no meio do copo ou boiar.

- Se os fios afundaram, é sinal de alta porosidade. Isso significa que as cutículas estão abertas, o que ajuda o cabelo a absorver água ao mesmo tempo em que perde nutrientes. Nesses casos, é preciso apostar mais na reconstrução dentro do cronograma para devolver massa à fibra capilar.

- Se os fios boiaram, significa que o cabelo está com baixa porosidade, as cutículas estão muito fechadas - e isso torna mais difícil a absorção de nutrientes. Para driblar o frizz ou aspecto ressecado desses casos, é preciso apostar na hidratação mais frequente dentro do cronograma.

- Agora, se os fios ficam no meio do copo com água, isso significa média porosidade - ou seja, as cutículas estão meio abertas e os fios conseguem absorver os tratamentos na medida certa. Mesmo saudáveis, é possível que no toque eles estejam quebradiços e sem brilhos, por isso, vale intensificar a nutrição e reconstrução no cronograma.

Para que serve cada tratamento dentro do cronograma?

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por SHIZEN (@shizenwong) em

Apesar de já ter sido mais ou menos explicado ali em cima, é importante reforçar o que cada etapa do cronograma faz pelos cabelos.

Reconstrução: serve para restaurar os cabelos depois de danos causados pelo uso de ferramentas de calor, sol, descoloração e coloração, por exemplo. Sua função é reconstruir o fio e devolver massa à fibra capilar repondo proteínas, aminoácidos e queratina nas madeixas.

Nutrição: tem a função de devolver nutrientes e repor os óleos naturais aos fios, justamente para proteger da perda de água e ressecamento no visual. Esse processo ajuda a alinhar as madeixas e deixar o visual com aspecto brilhoso e saudável.

Hidratação: serve para repor os níveis de água nos fios e, assim, facilitar a absorção de nutrientes nos outros tratamentos. Ela tem a função de deixar os fios macios, alinhados e prontos para receber a nutrição e reconstrução da melhor maneira no cronograma.

Quais produtos ter para cada etapa do cronograma capilar?

Dentro de cada etapa do cronograma capilar, é importante usar pelo menos a máscara de tratamento com função de nutrição, hidratação e reconstrução. No entanto, vale a pena complementar os cuidados com outros produtos como shampoo, condicionador e creme de pentear que tenham a mesma função da máscara usada.

Para reconstrução: aposte numa linha de tratamento que tenha arginina, queratina, ceramida, óleo de rícino ou creatina na fórmula; 

Para nutrição: aposte numa linha de tratamento que tenha óleos de coco e flores preciosas, manteiga de karité ou cacau na composição;

Para hidratação: aposte numa linha de tratamento que tenha extratos de algas, pantenol, álcoois graxos, frutas, plantas ou glicerina na fórmula.

Por quanto tempo fazer o cronograma capilar?

Em geral, é indicado fazer o cronograma capilar até que o cabelo seja totalmente recuperado - e isso pode durar até 6 meses. Mas, passado o tempo necessário, quando os fios estiverem bem saudáveis, é hora de trocar a rotina de três tratamentos por semana por uma escala mais espaçada. Nesse momento vale experimentar fazê-los apenas uma vez na semana, deixando hidratação, nutrição e reconstrução como cuidados semanais.

Redação: Raquel Carletto

ver mais : Dicas de cabelos
Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação