Beleza Extraordinária

Cravos, espinhas, brilho em excesso e poros dilatados: 4 problemas comuns da pele oleosa e como tratá-los

  •  Saiba mais sobre os cravos, espinhas, brilho excessivo e poros dilatados (Foto: Instagram @lorealskin)
Tela cheia
Previous Next
Saiba mais sobre os cravos, espinhas, brilho excessivo e poros dilatados (Foto: Instagram @lorealskin)

Se você tem pele oleosa ou mista, é bem provável que já tenha lidado - ou está lidando - com cravos, espinhas, brilho excessivo e/ou poros dilatados. Esses quatro problemas de pele são bem comuns entre as brasileiras e podem incomodar bastante no dia a dia - mas todos têm tratamento, viu? 

Separamos um guia rápido do que são, quais são as causas e o que fazer na rotina de cuidados com a pele para amenizar a aparência oleosa, as inflamações no rosto e os poros visíveis. Veja as dicas abaixo!

1. Cravos 

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por L'Oréal Paris Skincare (@lorealskin) em

O que é? Os cravos são poros entupidos pela queratina, sebo da pele e/ou por impurezas externas, como poeira, resquícios de maquiagem ou outros produtos usados no rosto. Eles podem ser pretos (abertos) ou brancos (fechados).

Quais são as causas? Dentre as principais razões para o surgimento de cravo estão a produção excessiva de sebo na pele, uso de cosméticos muito oleosos e a limpeza indevida do rosto ao longo do dia, principalmente antes de dormir e ao acordar. 

Como tratar? Higienizar o rosto pelo menos duas vezes ao dia com uma solução de limpeza leve, como a água micelar, é uma boa saída para reequilibrar a pele e evitar o aumento de oleosidade. Além disso, vale preferir o uso de filtros solares oil free. Por fim, a limpeza de pele caseira é uma ótima aliada!

2. Espinhas

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por L'Oréal Paris Skincare (@lorealskin) em

O que é? Espinhas são lesões na pele, também causadas pelo entupimento dos poros, que geram uma inflamação. Em geral, a aparência é de um ponto branquinho, arredondado e com uma área vermelha em volta.

Quais são as causas? As espinhas podem estar ligadas à puberdade ou período menstrual (com o aumento dos níveis hormonais), pele oleosa, limpeza inadequada do rosto, uso de produtos oleosos (que ajudam a entupir os poros) e até mesmo algumas doenças como síndrome dos ovários policísticos.

Como tratar? Limpar bem o rosto pelo menos duas vezes ao dia com água micelar, preferir o uso de cremes não-oleosos, apostar nas máscaras de argila verde e preta para acalmar a pele e, em casos mais intensos, procurar a ajuda de um especialista. 

3. Brilho excessivo

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por L'Oréal Paris Skincare (@lorealskin) em

O que é? O brilho excessivo nada mais é do que uma sensação gordurosa em pontos específicos do rosto, especialmente na zona T (nariz e testa) e no queixo. 

Quais são as causas? O aspecto oleoso é uma das consequências do aumento da produção de sebo nas peles oleosas, mas esse sintoma também pode ser agravado por exposição solar em excesso, uso de produtos com óleo na fórmula e até o contato com água muito quente no banho.

Como tratar? Manter uma rotina de limpeza diária, nunca dormir de maquiagem, apostar na máscara de argila verde para controlar a produção de sebo e procurar lavar o rosto sempre com água fria são possíveis soluções para controlar o problema.

4. Poros dilatados

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por L'Oréal Paris Skincare (@lorealskin) em

O que é? Os poros dilatados nada mais são do que uma característica das peles oleosas - o que acontece é que os "buraquinhos" ou "pontinhos" da pele ficam bem visíveis, deixando a superfície do rosto um pouco menos lisa e uniforme em relação aos outros tipos de pele.

Quais são as causas? Uma das explicações é justamente o acúmulo da oleosidade nos poros do rosto. Por comportarem mais impurezas e sebo do que os outros tipos de pele, esses poros acabam aumentando de tamanho. Além disso, os poros podem dilatar por fatores genéticos ou falta de limpeza diária na pele.

Como tratar? A forma de amenizar esse aspecto é lembrar de limpar bem o rosto diariamente, de preferência também com a água micelar, apostar nas esfoliações 1x na semana para eliminar as células mortas e evitar produtos de fórmula oleosa.

Redação: Raquel Carletto

Produtos favoritos
Temas relacionados
Óleo + Creme de pentear

Descubra os benefícios da misturinha