Beleza Extraordinária

Coque, trança e rabo de cavalo no primeiro dia do Fashion Rio

  • O look da 2nd Floor brinca com a década de 1960, com inspiração na pop art de Roy Lichtenstein e sua famosa personagem
  • Óculos com armações coloridas fizeram um contraste mais divertido com os cabelos sérios
  • Já na passarela da 2nd Floor, os fios lisérrimos e em rabo de cavalo baixo é que foram a proposta do desfile
  • O look do desfile da Filhas de Gaia é inspirado em uma flor, mas também traz referências do estilo "Rockabilly", com um "falso moicano"
  • Coque com pétalas de mechas desfiadas na passarela da Filhas de Gaia
  • Para a "vida real", vale deixar de lado a mechinha caída sobre a testa
  • Na passarela da Alessa, tranças laterais brincaram com o estilo selvagem da Savana
  • Vale deixar algumas mechas soltas na franja para dar um efeito mais despojado
  • Visual das tranças "flutuantes" laterais da passarela da Alessa
Tela cheia
Previous Next
O look da 2nd Floor brinca com a década de 1960, com inspiração na pop art de Roy Lichtenstein e sua famosa personagem
  • O look da 2nd Floor brinca com a década de 1960, com inspiração na pop art de Roy Lichtenstein e sua famosa personagem
  • Óculos com armações coloridas fizeram um contraste mais divertido com os cabelos sérios
  • Já na passarela da 2nd Floor, os fios lisérrimos e em rabo de cavalo baixo é que foram a proposta do desfile
  • O look do desfile da Filhas de Gaia é inspirado em uma flor, mas também traz referências do estilo "Rockabilly", com um "falso moicano"
  • Coque com pétalas de mechas desfiadas na passarela da Filhas de Gaia
  • Para a "vida real", vale deixar de lado a mechinha caída sobre a testa
  • Na passarela da Alessa, tranças laterais brincaram com o estilo selvagem da Savana
  • Vale deixar algumas mechas soltas na franja para dar um efeito mais despojado
  • Visual das tranças "flutuantes" laterais da passarela da Alessa

O primeiro dia da semana de moda carioca com as propostas dos estilistas para o próximo verão começou nesta segunda (15). Com apenas três desfiles na agenda do dia, se viu variações dos penteados mais famosos: um rabo de cavalo, um coque e uma trança. Um modelo super elaborado versus um estilo mais fácil de copiar para o dia a dia. As inspirações vão desde a Savana, que sugere mulheres poderosas, mas que têm um quê de descontração, até as polidas enfermeiras da década de 1960. Confira os destaques da beleza do Fashion Rio e descubra como repetir os penteados em casa.

Liso chapado na Ellus 2nd Floor

Sob chapéus que lembram os das enfermeiras da década de 1960, a 2nd Floor propôs rabos de cavalo com risca lateral e fios ultra lisos. Para copiar o estilo, é preciso abusar da chapinha, que deve vir acompanhada de um produto com termo proteção para não danificar os fios.

Passe a prancha alisadora pelas mechas, prenda um rabo de cavalo baixo com a ajuda de um pente fininho para ir penteando as madeixas para não deixar nenhum fio fora do lugar. A palavra de "ordem" deste visual é a sobriedade. Um pouco de frizz acabaria com o estilo certinho das mocinhas de branco. Para combinar com a década que inspirou os estilistas, os olhos vieram com sombras peroladas, com tons de prata e grafite.

Coque "flor" na Filhas de Gaia

Da simplicidade do rabo de cavalo lisérrimo ao desfiado que dá sustentação ao coque da Filhas de Gaia. Os cabelos das modelos variam dos lisos aos frisados em questão de minutos. Para o desfile da marca carioca, que uniu latinidade a temas equestres, a equipe de beleza pensou em um coque que se forma com pétalas, como se fosse uma flor.

Na chegada ao backstage, algumas modelos traziam, da passarela anterior, os fios cheios de mousse capilar; fato que dificultaria a execução do desfiado necessário para o look do desfile da Filhas de Gaia. Para isso, uma das cabeleireiras aplicou um produto finalizador em pó para dar mais textura. Na falta de um produto específico, vale aplicar um pouco de talco nas mechas mais problemáticas. Com o passar do pente, o pó branco irá sumir. O mesmo vale para cabelos muito finos ou super lisos.

Para copiar o look: prenda um rabo de cavalo no topo da cabeça. Desfie todo o cabelo do rabo de cavalo e aplique spray fixador para que o volume texturizado não se desfaça. Depois, separe algumas mechas e vá prendendo-as em torno do elástico que segura o rabo de cavalo. Forme o coque de maneira que cada mecha fique sobreposta à volta anterior para simular as pétalas. No look do desfile, duas mechinhas de franja arremataram o look, mas para a "vida real", é melhor deixar de lado esse detalhe.

Trança flutuante na Alessa

Nem embutida, nem solta. A trança do desfile da Alessa pode ser chamada de "flutuante". O trançado partia desde o topo da cabeça, não centralizado e terminava nas pontas dos cabelos. Entre onças e tigres, o estilo brincava com a inspiração da coleção, vinda da Savana.

Para copiar o look, é preciso fazer uma trança semelhante à embutida, mas que alimenta-se com mechas trazidas por baixo do trançado já feito. Em vez de acrescentar mechinhas laterais ao meio da trança, passando-as por cima das partes do trançado, é preciso cruzar o trançado por baixo. Outra sugestão mais fácil é separar três mechas do topo da cabeça, fazer uma trança embutida abaixo dessas mechas, até a nuca. Depois, faça uma trança normal com as mechas do topo da cabeça, até a nuca. Ali, junte as duas tranças e finalize da forma clássica. Depois de pronta, puxe algumas mechinhas da trança para um efeito mais despojado.

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais