Beleza Extraordinária

Consumo de carne vermelha faz mal pra pele? Nutricionista explica como a alimentação pode influenciar na saúde e aparência do rosto

  • O consumo de carne deve ser feito da maneira certa para que a alimentação saudável resulte em uma pele saudável. Saiba como com as dicas da nutricionista (Foto: Shutterstock)
  • O ponto da carne também faz diferença, viu? Carnes carbonizadas podem fazer mal à saúde da pele e do rosto (Foto: Shutterstock)
  • O consumo recomendável de carne é de até três vezes na semana para uma alimentação balanceada (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
O consumo de carne deve ser feito da maneira certa para que a alimentação saudável resulte em uma pele saudável. Saiba como com as dicas da nutricionista (Foto: Shutterstock)
  • O consumo de carne deve ser feito da maneira certa para que a alimentação saudável resulte em uma pele saudável. Saiba como com as dicas da nutricionista (Foto: Shutterstock)
  • O ponto da carne também faz diferença, viu? Carnes carbonizadas podem fazer mal à saúde da pele e do rosto (Foto: Shutterstock)
  • O consumo recomendável de carne é de até três vezes na semana para uma alimentação balanceada (Foto: Shutterstock)

Fonte de vitamina B12 e ferro, rica em nutrientes e aminoácidos essenciais... a lista de benefícios da carne vermelha é para lá de animadora! No entanto, será mesmo que esse tipo de proteína entra na relação de alimentos que fazem bem à pele do rosto? Bastante julgada por provocar a produção de radicais livres (aqueles compostos que contribuem para o aparecimento de machas, rugas e outros problemas), há quem tome a carne vermelha como vilã - mas não precisa ser assim, viu?

De acordo com a nutricionista Rita Ribeiro, é possível montar um plano alimentar saudável com benefícios comprovados para a pele e organismo sem precisar tirar a carne de vez do prato. Quer saber como? Continue lendo a matéria e descubra!

Carnes processadas, carbonizadas e de cortes gordos devem ser evitados para uma pele saudável

 

Se alguém já te disse que a sua pele é o que você come, saiba que isso acontece porque todo o organismo está interligado e até mesmo o que comemos é capaz de refletir na aparência do rosto - exatamente o caso da carne vermelha. Em geral, a nutricionista explica que o que faz dessa proteína uma má influência é o tipo de corte, o processamento e até mesmo o ponto da carne.

1- Cortes gordos: picanha, costela e acém, por exemplo.

O que provocam na pele: podem provocar a produção de radicais livres e aumentar o aspecto de vermelhidão da pele devido ao aumento dos níveis de testosterona. "Indivíduos mais sensíveis ao hormônio masculino possuem uma maior probabilidade de desenvolver este problema, por isso, devem reduzir o seu consumo", alerta Rita.

2- Carnes processadas: presunto, salsicha e linguiça, por exemplo.

O que provocam na pele: "as carnes processadas são ricas em sódio, substância que contribui para a retenção de líquidos e que não faz bem para a pele", explica a especialista. Assim, se não quiser lidar com o inchaço, é melhor evitar o consumo frequente.

3- Ponto da carne: queimadas/carbonizadas

O que provoca na pele: segundo Rita, quem é fã de churrasco deve ter bastante atenção para não ingerir as casquinhas pretas da carne na brasa e acabar lidando com rugas e marcas de expressão. "Essas partes queimadas possuem substâncias pró-inflamatórios (PAHs – hidrocarbonetos policíclicos aromáticos) que quebram o colágeno, proteína responsável pela elasticidade da pele". 

Plano alimentar saudável pode envolver o consumo de carne sem prejudicar a pele

Tomando os devidos cuidados com os aspectos acima, é sempre válido lembrar que é possível, sim, inserir a carne vermelha na alimentação sem medo de errar! Rita explica que a melhor maneira de equilibrar os benefícios dessa proteína no cardápio diário é preferir o consumo até três vezes na semana e, assim, dar uma chance aos outros tipos de carnes no dia a dia. "O importante é variar as fontes de proteína, alternando com carnes de ave (sem pele), peixe ou vermelhas (porco, vaca)", ensina a profissional. Segundo ela, esse é o segredo para ter um plano alimentar saudável e benéfico tanto para o corpo quanto para a pele.

Redação: Raquel Carletto

ver mais : Pele - Pele do rosto
Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais