Beleza Extraordinária

Como usar óleo de coco nos cabelos cacheados e crespos: saiba como aplicar e entenda os benefícios para os cachos!

  • Entenda porque o óleo de coco é importante para os cabelos cacheados e crespos e veja as diferentes formas de usá-lo! (Foto: Instagram @msroshposh)
  • O óleo de coco deixa os cabelos cacheados e crespos mais macios, brilhosos e livres de frizz (Foto: Instagram @deanafierce)
  • O óleo de coco pode ser usado de diferentes maneiras - na umectação, no pré-poo e até para turbinar máscaras de tratamento (Foto: Instagram @africanmelaninnn)
Tela cheia
Previous Next
Entenda porque o óleo de coco é importante para os cabelos cacheados e crespos e veja as diferentes formas de usá-lo! (Foto: Instagram @msroshposh)
  • Entenda porque o óleo de coco é importante para os cabelos cacheados e crespos e veja as diferentes formas de usá-lo! (Foto: Instagram @msroshposh)
  • O óleo de coco deixa os cabelos cacheados e crespos mais macios, brilhosos e livres de frizz (Foto: Instagram @deanafierce)
  • O óleo de coco pode ser usado de diferentes maneiras - na umectação, no pré-poo e até para turbinar máscaras de tratamento (Foto: Instagram @africanmelaninnn)

Por ter benefícios incríveis para a hidratação e nutrição dos fios, o óleo de coco virou um dos queridinhos das cacheadas e crespas! Rico em vitaminas e em ácidos graxos, ele se destaca por penetrar profundamente nas cutículas da fibra capilar - aumentando o brilho, a maciez e eliminando as pontas ressecadas e o frizz. Pensando nisso, para ajudar quem ainda não adicionou esse ingrediente natural na rotina de beleza, o Beleza Extraordinária preparou uma matéria especial para explicar todas as suas vantagens e as diferentes formas de uso  - da umectação ao pré-poo. Confira!

Óleo de coco devolve a oleosidade necessária para que os cachos não fiquem ressecados

Por causa do formato anelado, que impede que a oleosidade da raiz chegue até às pontas, os cabelos cacheados e crespos são naturalmente mais secos. Mas, recorrendo a cuidados específicos - como a nutrição com óleo de coco - é possível evitar o ressecamento e exibir fios mais macios, brilhosos e sedosos!

Com a função de devolver os lipídios - ou seja, a gordura natural das madeixas -, o tratamento ajuda a eliminar as pontas ressecadas, aumentar a maciez e evitar a aparência opaca conferindo mais brilho. Além disso, para quem vive em busca de maneiras de controlar o frizz, ele ainda tem a vantagem de eliminar esses fios arrepiadinhos e manter o aspecto hidratado por mais tempo - já que age profundamente na fibra capilar e cria uma película protetora a redor da mesma.  

Na umectação, óleo de coco entrega tratamento ainda mais potente

Se os fios estiverem muito ressecados, o ideal é usar óleo de coco para fazer uma umectação capilar. Aplicado mecha a mecha e até no couro cabeludo, ele garante um tratamento profundo nos fios cacheados e crespos. 

Como aplicar: 

1. Coloque a quantidade de óleo de coco que vai usar nos fios em um recipiente separado;

2. Divida o cabelo em seções; 

3. Aplique o óleo de coco da raiz às pontas, enluvando bem para garantir que ele penetre na fibra capilar;

4. Agora, com o ingrediente na ponta dos dedos, massageie o couro cabeludo fazendo movimentos circulares; 

5. Feito isso, deixe o produto agindo no cabelo por duas horas ou mais. Se desejar, também pode fazer a umectação antes de dormir para só retirar o óleo de coco no dia seguinte; 

6. No dia seguinte ou quando o tempo de ação nos fios passar, faça o método UCPE - umectar, condicionar, pausar e esperar - para remover o óleo. Não é proibido fazer o enxague com shampoo, mas, com a ajuda do condicionador, você tem a vantagem de não perder nenhum nutriente que o cabelo acabou de receber;

7. Depois de retirar o óleo por completo, é só usar mais um pouco de condicionador - dessa vez, para ajudar a selar as cutículas - e enxaguar com água fria. 

Óleo de coco pode turbinar o efeito das máscaras de tratamento

Não quer fazer umectação, mas está precisando de uma nutrição intensa nos fios? Também dá para recorrer ao óleo de coco! Nesse caso, a dica é usá-lo para turbinar o efeito da máscara de tratamento - principalmente, as que contam com componentes mais leves para que os fios não acabem pesados pelo excesso de óleos. 

A aplicação é bem parecida com o que é feito na umectação; mas, em vez de usar o creme na raiz e deixá-lo agindo por mais de duas horas, aplique a partir do comprimento e considere um tempo de ação de até 30 minutos. 

Ingrediente também pode ser usado para proteger os fios no pré-poo e na finalização das pontas 

Nos dias em que for lavar o cabelo com shampoo, você também pode usar o óleo de coco para fazer o pré-poo - técnica que consiste em criar uma película protetora nos fios para impedir que sua oleosidade natural saia junto com as impurezas. É bem simples: basta aplicar o ingrediente nas pontas e deixá-lo agindo por cerca de três minutos; depois, é só enxaguar e usar o shampoo e condicionador normalmente. 

Para quem está sofrendo com ressecamento excessivo, outra dica é usar óleo de coco na hora da finalização - aplicando pouca quantidade nas pontinhas, antes ou depois do creme de pentear. 

Redação: Nívia Passos

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais