Beleza Extraordinária

Como tirar cravos pretos profundos do rosto: 7 dicas para eliminar o problema da pele oleosa e mista

  • Confira dicas para exibir uma pele saudável e livre de cravos pretos! (Foto: Pixelformula)
  • As máscaras faciais também podem funcionar como esfoliantes faciais (Foto: Instagram @lorealskin)
  • Espremer os cravos com os próprios dedos não é indicado porque pode trazer bactérias para a pele. Quando for fazer isso, a melhor opção é um extrator apropriado (Foto: Shutterstock)
  • Na hora de lavar o rosto, uma boa opção para eliminar os  cravos pretos é apostar em sabonetes com ácido salicólico (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Confira dicas para exibir uma pele saudável e livre de cravos pretos! (Foto: Pixelformula)
  • Confira dicas para exibir uma pele saudável e livre de cravos pretos! (Foto: Pixelformula)
  • As máscaras faciais também podem funcionar como esfoliantes faciais (Foto: Instagram @lorealskin)
  • Espremer os cravos com os próprios dedos não é indicado porque pode trazer bactérias para a pele. Quando for fazer isso, a melhor opção é um extrator apropriado (Foto: Shutterstock)
  • Na hora de lavar o rosto, uma boa opção para eliminar os  cravos pretos é apostar em sabonetes com ácido salicólico (Foto: Shutterstock)

Você costuma ter cravos pretos no rosto, especialmente na área do nariz e queixo? Estes pontinhos escuros são mais comuns do que você imagina e ocorrem devido a um entupimento dos poros. Mais comuns em peles oleosas e mistas, esses comedões caracterizam a fase inicial da acne - e podem evoluir para espinhas inflamadas por conta das impurezas diárias e o aumento da produção de sebo. No entanto, a boa notícia é que, incrementando a rotina de beleza com algumas dicas simples, dá para resolver o problema logo no início. Confira a lista!

1. Use sabonetes faciais com ácido salicílico 

Para remover os cravinhos pretos do rosto, o cuidado já deve começar na hora da limpeza! A dica é apostar em sabonetes faciais que tenham ácido salicílico na fórmula, já que o componente ajuda a desobstruir os poros e estimular a renovação da pele - eliminando, assim, os pontos pretos que já surgiram e impedindo o aparecimento de novos. 

Mas, atenção: por ser uma substância que pode causar irritações, quem tem pele mais sensível deve preferir os sabonetes com menor concentração da substância e observar como a derme se comporta com seu uso. Se surgirem descamações e vermelhidão, a melhor opção é trocar o produto por algum mais leve - como a água micelar, por exemplo, que limpa profundamente sem agredir. 

2. Faça esfoliações regularmente

Outra dica de ouro para se ver livre dos cravos pretos é reservar um tempo para investir em esfoliações. Além de trazer vantagens para o tratamento anti-idade por ajudar a estimular a produção de colágeno, a técnica também é ótima para eliminar células mortas e desobstruir os poros - e pode ser feita com esfoliantes específicos ou com máscaras de tratamento que também contem com essa função. 

Para fazer o procedimento da maneira certa e não sofrer com o efeito rebote, a dica é seguir a frequência recomendada para cada tipo de pele. Nas mais secas, o ideal é fazê-lo uma vez na semana ou a cada 15 dias, enquanto, nas oleosas, a recomendação é aumentar esse cuidado para até duas vezes em um espaço de sete dias. Já para as normais e mistas, uma única esfoliação semanal já garante bons resultados. 

3. Invista em máscaras faciais

Como foi falado, existem máscaras faciais que contam com substâncias esfoliantes para impedir o entupimento dos poros e renovar a derme. Mas essa não é a única vantagem do produto: elas também podem ajudar a desinflamar os comedões - até mesmo acnes mais severas -  e controlar a oleosidade que deixa o rosto nesse círculo vicioso de cravos. 

Para garantir esse tratamento facial completo, aposte em versões que contam com ativos  naturais que entreguem todos esses benefícios - como o extrato de eucalipto, o carvão e a argila verde, por exemplo. 

4. Nunca deixe de tirar a maquiagem 

Toda mulher já está cansada de ouvir que dormir de maquiagem pode prejudicar a pele. Mas, com o cansaço do fim do dia ou depois de uma noite na balada, algumas acabam ficando com preguiça e dormem com os resíduos de produto no rosto - o que é um erro para aquelas que querem ficar livres dos cravos pretos. 

Dormir sem remover toda a maquiagem traz vários malefícios para a pele: além de acelerar o envelhecimento precoce por aumentar a exposição aos radicais livres, esse mau hábito faz surgir mais pontos pretos - e, posteriormente, acne - por obstruir os poros. 

5. Aposte em hidratantes com fórmulas livres de óleo

Mesmo quem tem a pele oleosa não pode descuidar da hidratação, já que as glândulas sebáceas podem aumentar a produção de óleo se perceberem que o rosto está ressecado. Mas é preciso ter muito cuidado na hora de escolher o hidratante para que ele não piore a oleosidade e cause entupimento dos poros. A dica para não errar é apostar em produtos de textura levinha e que tenham uma fórmula livre de óleos. 

6. Conte com a ajuda de um extrator de cravos

Quando vemos os cravos pretos à mostra no rosto, é difícil controlar a vontade de espremê-los, não é? Mas esse hábito pode acabar agravando o problema, já que o dedo pode acabar transmitindo bactérias para a pele. 

Sendo assim, a dica é recorrer a um extrator de cravos para remover todos os pontos pretos! Fazendo uma leve pressão na pele, ele consegue retirar toda a massa dos cravos sem que você tenha que colocar a mão nos comedões. No entanto, vale lembrar que essa prática não anula os cuidados já citados: é apenas um modo de resolver o problema de maneira instantânea; a derme ainda precisa ser devidamente tratada para que não continue com os cravinhos e nem evolua para acne. Além disso, sempre limpe a ferramenta entre um cravo e outro com um pouco de álcool a 70%!

7. Nada adiantou? Consulte um dermatologista!

Se, mesmo com todas essas dicas, os cravos continuarem a aparecer, a recomendação é agendar uma consulta com um dermatologista. Só ele poderá avaliar o que está causando o problema na sua pele e indicar tratamentos específicos para resolver o problema. 

Redação: Nívia Passos

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!