Beleza Extraordinária

Como tirar cicatrizes de espinhas? Veja os tratamentos mais indicados para as marcas de acne na pele

  • Sabia que as máscaras de argila são ótimas aliadas para o tratamento de manchas de espinha na pele? Veja outras alternativas na matéria (Foto: L'Oréal Paris)
  • As cicatrizes profundas de acne podem ser tratadas com a ajuda de cremes, peeling e até diferentes tipos de argila (Foto: L'Oréal Paris)
  • Como tirar máscara de espinha? O que não faltam são alternativas! Veja as dicas da matéria (Foto: L'Oréal Paris)
Tela cheia
Previous Next
Sabia que as máscaras de argila são ótimas aliadas para o tratamento de manchas de espinha na pele? Veja outras alternativas na matéria (Foto: L'Oréal Paris)
  • Sabia que as máscaras de argila são ótimas aliadas para o tratamento de manchas de espinha na pele? Veja outras alternativas na matéria (Foto: L'Oréal Paris)
  • As cicatrizes profundas de acne podem ser tratadas com a ajuda de cremes, peeling e até diferentes tipos de argila (Foto: L'Oréal Paris)
  • Como tirar máscara de espinha? O que não faltam são alternativas! Veja as dicas da matéria (Foto: L'Oréal Paris)

Ainda pior do que as espinhas, só mesmo as marcas que a acne deixa na pele, né? Mas a boa notícia é que tanto as manchinhas avermelhadas quanto as cicatrizes profundas têm tratamento!

Para cada caso existe uma solução mais indicada, como o uso de ácido hialurônico, máscaras de argila, dermoabrasão ou até mesmo peelings. Continue lendo a matéria para conhecer os principais métodos e saiba como tirar marca de espinha já!

1. Máscaras de argila para suavizar as manchas na pele

Sabia que misturar as argilas no multimasking pode ajudar bastante na recuperação da pele com marquinhas de acne? E cada uma age de uma maneira diferente:

A argila vermelha ajuda a esfoliar e renovar a pele, por isso, ameniza a aparência das manchas enquanto equilibra a hidratação do rosto;

A argila preta purifica e clareia o rosto, o que faz com que a pele fique totalmente uniforme e luminosa;

Já a argila verde tem ação adstringente, facilitando a cicatrização da pele e, de quebra, controlando a oleosidade cutânea.

- Para quem é mais indicada: para pessoas com manchas de espinha em grau leve e médio.

2. Cremes para tirar marcas de espinha do rosto 

Outra alternativa muito usada e indicada pelos especialistas são os cremes com ativos que estimulem a produção de colágeno e renovação da pele - como o ácido hialurônico, por exemplo.

Esse tratamento deve ser sempre acompanhado de uma boa limpeza da pele, diária e feita cerca de duas vezes ao dia - ao acordar e antes de dormir. Isso vai ajudar a abrir caminho para a ação dos ingredientes dos cremes.

- Para quem é mais indicada: para peles acneias que já apresentem marcas de espinha leves ou médias;

3. Peeling para cicatrizes de acne 

O peeling é uma das alternativas mais famosas no tratamento das marcas de acne - mas vale lembrar, ele é um tratamento mais forte, capaz de sensibilizar a pele.

No procedimento são aplicadas diretamente no rosto substâncias capazes de provocar a descamação da pele e, assim, impulsionar a sua renovação. Para quem opta pelo peeling, a rotina de cuidados com limpeza e filtro solar é completamente obrigatória!

- Para quem é mais indicada: para pessoas que já trataram a acne e hoje têm apenas as manchas no rosto - tanto em grau leve, médio ou profundo.

4. Dermoabrasão para o tratamento das marcas de acne

A dermoabrasão ou microdermoabrasão é um tipo de esfoliação intensa. O que ela faz é "lixar" a pele, retirar a camada mais externa da cutis e, assim, eliminar as manchas da acne para um rosto mais lisinho e e uniforme.

Esse tratamento pode ser feito de forma isolada ou então combinado ao uso de cremes e outros produtos prescritos pelo médico dermatologista.

- Para quem é mais indicada: para quem tem marcas de acne médias e profundas;

5. Microagulhamento com derma roller

Já ouviu falar no derma roller? Tem um tempo que o aparelhinho cheio de agulhas começou a fazer sucesso no Brasil, especialmente para o tratamento das marcas de acne.

Quando essas agulhinhas entram em contato com a pele, elas impulsionam a produção de colágeno e elastina fazendo com que a pele crie um novo tecido mais firme para preencher os espacinhos nas pequenas feridas.

- Para quem é mais indicada: para pessoas com marquinhas de espinha em grau leve e médio.

Redação: Raquel Carletto

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!

últimas matérias

Ver mais