Beleza Extraordinária

Como fazer prancha no cabelo? 10 dicas para usar a chapinha corretamente e garantir o liso perfeito

  • Passar a chapinha nos cabelos pode ser mais fácil do parece! Confira dicas para arrasar na hora de alisar as madeixas (Foto: Instagram @_hairbygabrielle)
  • A prancha é perfeita para alinhar os cabelos no visual (Foto: Instagram @abbeystockwell)
  • Como passar a prancha nos cabelos corretamente? Veja as dicas que não podem faltar no passo a passo (Foto: Instagram @aleynaoezcan)
Tela cheia
Previous Next
Passar a chapinha nos cabelos pode ser mais fácil do parece! Confira dicas para arrasar na hora de alisar as madeixas (Foto: Instagram @_hairbygabrielle)
  • Passar a chapinha nos cabelos pode ser mais fácil do parece! Confira dicas para arrasar na hora de alisar as madeixas (Foto: Instagram @_hairbygabrielle)
  • A prancha é perfeita para alinhar os cabelos no visual (Foto: Instagram @abbeystockwell)
  • Como passar a prancha nos cabelos corretamente? Veja as dicas que não podem faltar no passo a passo (Foto: Instagram @aleynaoezcan)

Quem gosta de usar o cabelo liso no visual curto, médio ou longo sabe o quanto a chapinha é o utensílio perfeito para alinhar os fios de forma impecável! A parte boa de contar com esse aliado é que, embora existam vários tipos, tamanhos e formas diferentes, toda chapinha pode ser manuseada da mesma maneira - e o passo a passo é mais fácil do que parece, viu?

Se você chegou até aqui procurando por dicas de como fazer prancha no cabelo sozinha corretamente, aproveite: separamos uma matéria inteira com 10 truques que não podem ficar de fora em nome do efeito liso perfeito sem danificar as madeixas. Nada de pular as etapas, viu? Continue lendo e anote os segredinhos!

1. Comece o processo com uma boa escova nos fios

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Rocio Camacho (@rocioccamacho) em

Para que a chapinha cumpra o resultado de efeito liso perfeito, o primeiro passo deve começar com uma boa escova nos fios - especialmente se o seu cabelo é ondulado, cacheado ou crespo. Nesse caso, a ideia é que a escova deixe os fios já levemente ou totalmente esticados, facilitando o trabalho da chapinha e potencializando ainda mais o visual escorrido, sem volume e bem alinhado após a prancha.

2. Aplique o protetor térmico nos fios antes de começar a chapinha

As altas temperaturas da prancha podem, sim, ser prejudiciais aos cabelos - mas tudo isso pode ser contornado com a aplicação do leave-in com protetor térmico no comprimento e pontas antes da chapinha. O papel do produto vai ser criar uma camada de proteção ao redor do fio, não permitindo que o calor cause danos como o ressecamento, quebra ou até mesmo queima da fibra capilar.

3. Desembarace os cabelos com uma escova ou pente

Após a aplicação do protetor térmico, é importante garantir que todo o cabelo esteja desembaraçado para que a chapinha consiga deslizar bem na mecha e, assim, o resultado seja um visual bem alinhado. Nessa parte, a dica é usar uma escova ou pente de madeira - esse material ajuda a evitar o frizz e, por isso, é o mais indicado nessas situações.

4. Dê atenção à temperatura da prancha não queimar o cabelo

Se o seu tipo de prancha permite a regulagem da temperatura, muita atenção a esse ponto: não é indicado usar o produto na sua potência máxima, viu? O exagero não vai fazer com que o resultado fique melhor ou mais liso - na verdade, o risco de quebrar ou queimar o cabelo é muito maior e mais provável caso você exagere. A dica é usar o produto sempre em 180º ou, no máximo, 190º graus.

5. Separe o cabelo em mechas finas para pranchar

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Jessica Franklin (@heygorjess) em

Enquanto muita gente acredita que o segredo da prancha perfeita é a temperatura, o grande pulo do gato está na espessura das mechas que vão receber a chapinha. Quanto mais finas forem as mechas pranchadas, mais alinhado e perfeito ficará o resultado do alisamento! O motivo é que, desse jeito, a prancha consegue alcançar melhor cada partezinha dos fios e, assim, o efeito liso será bem mais intenso e duradouro.

6. Sempre deslize a chapinha na mecha de uma vez só

Enquanto faz a prancha, outro truque que faz diferença é sempre deslizar a ferramenta de uma vez pela mecha, sem deixá-la parada nos cabelos! Ao parar a prancha nos fios, você corre risco de concentrar o calor em uma única parte, criando marcas nas madeixas e, em alguns casos, fragilizando essa região. Melhor evitar, né? Em vez disso, para compensar, a dica é pranchar várias vezes a mesma mecha.

7. Comece da raiz às pontas, dando uma atenção especial ao fim da mecha

Outro ponto importante em relação ao deslizar da prancha nos fios é não se esquecer de começar sempre de cima para baixo - ou seja, da raiz até às pontas. Por sinal, ao chegar nas pontas dos cabelo, vale dar uma leve inclinada na chapinha, virando o punho e a ferramenta para dentro - dessa maneira, você vai conseguir um efeito mais natural, sem aspecto espigado e com as pontinhas para dentro.

8. Aplique um jato de ar frio depois que terminar a chapinha

Depois de pranchar todo o cabelo, nada de passar a mão nos fios de imediato para abaixar os que ficaram para o alto: aqui, o truque certeiro é jogar um jato de ar frio em todas as mechas! Isso vai ajudar a amenizar os fios arrepiados, diminuir a aparência do frizz e, de quebra, manter o visual liso por mais tempo. Nada mais justo, né? 

9. Reaplique o leave-in nos cabelos para manter o visual protegido

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por L'Oréal Paris Brasil (@belezaextraordinaria) em

Depois do jato frio, é hora de reaplicar o leave-in que foi usado antes da prancha - concentrando a aplicação no comprimento e pontinhas mais uma vez. Esse produto vai ser o melhor aliado para devolver o brilho às madeixas depois da chapinha e, de quebra, vai ajudar a amenizar ainda mais o aspecto frizzado do visual. Os cabelos ficam blindados, macios e perfeitos!

10. Evite passar a prancha novamente nos fios sujos

Por fim, a dica para os próximos dias é: não volte a usar a prancha nos cabelos sujos, ok? Usar a ferramenta de calor nos fios oleosos pode deixá-los fragilizados e com o aspecto sujo ainda mais evidente no visual. É importante que a chapinha não seja usada em excesso para que a saúde das madeixas permaneça intacta até a próxima vez que decidir alisar os cabelos novamente.

Redação: Raquel Carletto

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais