Beleza Extraordinária

Como fazer mechas e luzes no cabelo: guia completo para acertar o tom, a intensidade, o tipo de mecha e as técnicas para clarear os cabelos

  • A intensidade das mechas pode ser maior no contorno do rosto, para iluminar a face, e mais suave no restante dos fios (Foto: Instagram @kearybladel)
  • Uma dica para escolher o tom das luzes é escolher nuances até 3 tons acima da cor base do cabelo (Foto: Instagram @christinesilvermancolor)
  • Luzes finas e tradicionais podem ser feitas mais intensas na frente e a partir do comprimento, sem pegar a raiz do cabelo (Foto: Instagram @curlswithapromise)
  • Quem tem cabelo preto ou castanho escuro pode apostar em luzes castanhas ou em tom de mel para harmonizar com o tom de pele e a cor base do cabelo (Foto: Instagram @lizismystylist)
  • A balaiagem são mechas da raiz as pontas do cabelo e pode combinar mais de um tom de nuance clara (Foto: Instagram @mastersofbalayage)
  • Mechas californianas, que são feitas apenas na spontas do cabelo, são um dos tipos mais clássicos de luzes (Foto: Instagram @lizismystylist)
  •  No ombré hair, usa-se até 4 nuances mais claras do que a cor dos cabelos para criar um degradê do comprimento até as pontas (Foto: Instagram @andrewkyle)
Tela cheia
Previous Next
A intensidade das mechas pode ser maior no contorno do rosto, para iluminar a face, e mais suave no restante dos fios (Foto: Instagram @kearybladel)
  • A intensidade das mechas pode ser maior no contorno do rosto, para iluminar a face, e mais suave no restante dos fios (Foto: Instagram @kearybladel)
  • Uma dica para escolher o tom das luzes é escolher nuances até 3 tons acima da cor base do cabelo (Foto: Instagram @christinesilvermancolor)
  • Luzes finas e tradicionais podem ser feitas mais intensas na frente e a partir do comprimento, sem pegar a raiz do cabelo (Foto: Instagram @curlswithapromise)
  • Quem tem cabelo preto ou castanho escuro pode apostar em luzes castanhas ou em tom de mel para harmonizar com o tom de pele e a cor base do cabelo (Foto: Instagram @lizismystylist)
  • A balaiagem são mechas da raiz as pontas do cabelo e pode combinar mais de um tom de nuance clara (Foto: Instagram @mastersofbalayage)
  • Mechas californianas, que são feitas apenas na spontas do cabelo, são um dos tipos mais clássicos de luzes (Foto: Instagram @lizismystylist)
  •  No ombré hair, usa-se até 4 nuances mais claras do que a cor dos cabelos para criar um degradê do comprimento até as pontas (Foto: Instagram @andrewkyle)

Fazer mechas no cabelo é uma aposta perfeita para dar vida aos fios e acender o visual! Ombré hair, balayage, californianas, luzes só no contorno do rosto, entre outras tendências que surgem a cada temporada são uma maneira estilosa de mudar os cabelos aos poucos. Mas, para quem não sabe como escolher a cor e o tipo de luzes, o Beleza Extraordinária preparou um guia completo que explica tudo que você precisa saber antes de ir ao salão de beleza: o tom ideal, a espessura das mechas, as técnicas mais usadas, quando é necessário descolorir, além de, claro, mostrar vários tipos de mechas. Acompanhe a matéria! 

A cor das mechas: segredo é observar tom de pele e fundo de cabelo

Para um cabelo com mechas ficar natural, a dica é evitar o contraste chamativo entre o rosto e a raiz escura. Para isso, é importante analisar tom de pele e, principalmente, a cor base do cabelo. O indicado é que as luzes sejam feitas em até 3 tons mais claros que a cor base - que pode ser a sua cor natural ou a coloração que você usa no momento. Vale escolher um só tom ou combinar até 4 nuances.

Por exemplo, se você tem cabelos pretos, vale começar fazendo luzes castanhas, em tom de mel ou acobreadas. Se você tem cabelo castanho, vale apostar em luzes loiras. Se você é ruiva, a dica é apostar em tons de castanho claro, marrom e castanho acobreado.

Dica: nada impede de você querer fazer luzes muito mais claras do que a cor base do seu cabelo. Para isso, uma dica é buscar inspirações de blogueiras no Instagram e no Pinterest!

Espessura das mechas: mais grossas na frente e mais finas atrás e no topo da cabeça

Em relação ao tamanho das luzes, a dica principal para deixar o efeito natural e iluminar o rosto é a seguinte: mechas mais grossas e médias podem ser feitas na frente, nos fios do contorno do rosto, para dar um efeito de moldura a face. No restante do cabelo, em direção ao topo da cabeça e a parte de trás, as luzes podem ser feitas mais finas e em menos intensidade. 

As técnicas: papel alumínio, touca e mãos livres

Papel alumínio: a técnica é ideal para quem tem cabelos médios e longos e quer mechas de tamanho médio ou mais grossas. O papel alumínio é, geralmente, o mais usado para fazer luzes porque não deixa a cor oxidar.

Touca: os profissionais costumam usar a touca em cabelos curtos e médios, porque facilita na hora de puxar os fios com a agulha. O resultado são mechas mais fininhas e em maior quantidade. 

Mãos livres: fazer as luzes com a técnicas "mãos livres" ou "hands free" garante um efeito mega exclusivo em cada cabelo, porque o profissional separa e pinta cada mecha detalhadamente, sem nenhum acessório.

Quando descolorir para fazer as luzes? 

Para quem tem dúvida se é preciso usar o descolorante para fazer luzes, o produto só será usado se o cabelo tiver coloração - afinal, tinta não clareia tinta. O descolorante também pode ser usado se você deseja clarear mais de 2 tons do seu cabelo natural, já que colorações, tanto permanentes quanto semi-permanentes, não clareiam fundo de cabelo escuro. Agora, se o seu cabelo for virgem e você quer clarear até 2 tons acima da sua cor atual, o descolorante não precisará ser usado. 

Tipos de mechas: ombré, balaiagem, californianas são as mais clássicas

O universo de cabelos e beleza tem novidades a cada estação! Diversos tipos e efeitos de mechas viram tendência a cada temporada, agradando a todos os gostos. Abaixo, estão 5 tipos de mechas clássicas, que são as mais feitas nos salões de beleza, mas se você é do tipo das moderninhas, vale ficar de olho nas principais tendências aqui. 

Luzes tradicionais: essa técnica é a mais simples porque são feitas mechas finas e sutis apenas do comprimento até as pontas, sem mexer na raiz. Aqui, cada mecha começa em uma altura do cabelo para que o resultado fique natural.

Balaiagem: são mechas em grande quantidade feitas da raiz até as pontas. Na balaiagem, combina-se mais de um tom para criar um efeito natural e sutil com a base mais escura do cabelo. 

Ombré: no ombré hair, usa-se até 4 nuances mais claras do que a cor dos cabelos para criar um degradê do comprimento até as pontas, deixando a raiz mais escura. O efeito fica mega natural porque misturam-se cores quentes e frias para parecer que o cabelo foi clareado pelo sol.

Californianas: são luzes mais claras feitas apenas nas pontinhas do cabelo. O efeito também dá impressão de que as madeixas foram clareadas pelo sol. 

Blond frame face: são mechas mais claras apenas no contorno do rosto e por dentro do cabelo, que se misturam ao cabelo natural. Os fios da frente mais claros ajudam a iluminar o rosto e para um efeito natural, vale fazer as luzes com 3 dedos da raiz. 

Redação: Beatriz Doblas

Temas relacionados
Cabelos danificados têm solução?

Descubra qual é o melhor shampoo para esse problema