Beleza Extraordinária

Como fazer babyliss em cabelo curto? 6 dicas para acertar o visual sozinha em casa

  • Saiba como usar babyliss no cabelo curto e mudar o visual para festas (Foto: Instagram @allthingsneena)
Tela cheia
Previous Next
Saiba como usar babyliss no cabelo curto e mudar o visual para festas (Foto: Instagram @allthingsneena)

Quer estilizar o cabelo curto com babyliss para uma festa mas não sabe como conseguir cachos perfeitos tendo um corte chanel, pixie com franja ou long bob? Acredite: conseguir o ondulado natural nesse comprimento de fio é mais fácil do que parece - basta se atentar aos detalhes.

Ter um óleo capilar de qualidade, usar o tamanho certo da ferramenta de calor e, claro, seguir os truques dos experts são dicas fundamentais para mudar o visual com glamour. Quer ver só? Separamos tudo que você precisa saber para saber como fazer babyliss no cabelo curto como uma profissional. Aproveite!

1. Antes de tudo, escolha o babyliss com diâmetro médio ou fino

Já reparou que existem diferentes tamanhos de babyliss? Eles servem para dar efeitos distintos e, também, para facilitar a estilização em todos os comprimentos de cabelo.

No caso dos fios curtos, por exemplo, a dica é:

- escolher um de diâmetro médio para fios curtos alongados, como nos cortes chanel ou long bob. Procure pelas medidas de 1 polegada ou 3/4 de uma polegada, o que equivale a números que vão de 19,5 a 25 milímetros.

- escolher um babyliss fino para fios curtos bem curtinhos, como no pixie com franja. Aqui, as medidas são 1/2 polegada ou 12,7 milímetros.

2. Aplique o óleo capilar no comprimento e ponta dos fios

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Chris Jones (@chrisjones_hair) em

Ferramentas de calor são ótimas para estilizar os fios, mas as altas temperaturas podem causa muitos danos nas madeixas, viu? Para não queimar os cabelos e conseguir um visual mais brilhoso nas pontinhas (que ficam bem visíveis), é indispensável usar um pouco de óleo capilar com proteção térmica no comprimento e pontas antes de começar o babyliss.

3. Divida o cabelo por partes, trabalhando seções verticais e horizontais

Agora, para deixar tudo mais simples, divida o cabelo ao meio (na vertical, uma mecha para cada lado) e na horizontal em três partes: uma abaixo das orelhas, outra acima (no meio) e uma no topo. Desse jeito vai ser mais fácil trabalhar em seções e separar as mechas que vão ser enroladas no babyliss.

Se não tiver muita prática, vale cachear apenas a metade dos fios - ou seja, da orelha para cima. Como a parte de baixo costuma ter os fios menores, eles tendem a ser mais difíceis de modelar - mas, por sorte, aparecem pouco no resultado final. 

4. Deixe a pontinha da mecha de fora do babyliss para um look natural

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por JAMIE DANA ⋒ Hair Educator (@jamiedanahairstylist) em

Para que o efeito ondulado fique bem natural e elegante, vale a pena dar apenas uma ou duas voltas no babyliss (dependendo do tamanho dos fios) e deixar a pontinha da mecha enrolada para fora da ferramenta. Assim o ondulado vai passar uma impressão mais leve, sem o cachinho até o fim das mechas.

Além disso, vale a dica extra: ao enrolar o cabelo, deixe um espaço de 2 dedos entre cada mecha para que as ondas fiquem mais abertas. Se as voltas feitas pelo cabelo ficarem muito próximas na ferramenta, o cacho vai ser bem curtinho e definido - o que não é um problema, mas deixa o look mais retrô e menos natural. 

5. Enrole as mechas em sentidos diferentes

Outra maneira interessante de deixar o ondulado mais natural é alternar o sentido dos cachos no babyliss. Assim, se você faz algumas mechas viradas para "fora", tente inverter a posição e criar cachos virados para "dentro". Assim as ondas vão seguir direções diferentes, como acontece nos cachinhos naturais que os fios ondulados fazem.

6. Finalize com o spray fixador

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Ashlea Penfold (@ashleapenfold) em

Por fim, para garantir que os cachos serão duradouros no cabelo curto, o conselho é finalizar o processo com o spray fixador. Nada melhor do que um aliado para segurar o formato espiralado por mais tempo, né? Se preferir, pode ir jogando jatos do produto à medida que for formando os cachos, ou deixar para aplicar o spray apenas no fim do processo.

Redação: Raquel Carletto

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação