Beleza Extraordinária

Como evitar o aparecimento de manchas na pele durante o verão

  • Manchas de pele podem ser mais frequentes no verão. Com a ajuda de cremes, esfoliações e proteção solar, é possível evitar e proteger a cútis do surgimento de novas marcas
Tela cheia
Previous Next
Manchas de pele podem ser mais frequentes no verão. Com a ajuda de cremes, esfoliações e proteção solar, é possível evitar e proteger a cútis do surgimento de novas marcas

Segundo dermatologistas, aos 20 anos de idade, já tomamos cerca de 80% da quantidade de sol que deveríamos durante o dia. Para quem ama praia e gosta de estar em ambientes abertos, mas também se preocupa com o aparecimento de marcas na pele, prevenir é o melhor remédio para evitar o aparecimento ou o aumento de manchas no rosto e em outras partes do corpo. Além do uso contínuo do protetor solar - que deve ser reaplicado a cada duas horas - é preciso tomar alguns cuidados para manter a pele intacta com a chegada do sol mais forte do verão.

Outros fatores, além do sol, influenciam no aparecimento de manchas

Nem sempre o grande culpado pelas marcas na pele é o sol. Apesar de ser o grande responsável pela maioria das manchas, outros fatores também influenciam na saúde da derme. Quando está irritada, a pele aumenta a produção de melanina e escurece partes a partir da produção em excesso de pigmento. Essa irritação pode ser ocasionada devido a acne, depilação ou até mesmo uma esfoliação mais agressiva. Outros fatores que podem causar manchas são os hormônios, que em períodos de gravidez, reposição ou até mesmo em intervalos do uso do anticoncepcional tornam a pele mais exposta a melasmas - marcas castanhas e irregulares concentradas principalmente no rosto, pescoço e colo.

Como evitar o aparecimento das manchas

Para evitar ou controlar o aparecimento dessas manchas, é preciso manter o equilíbrio da região. A dermatologista Apolônia Sales sugere esfoliações semanais, além de um cuidado maior com o pH da pele: "o ideal para cuidar da pele e evitar manchas é usar sabonete com pH fisiológico e hidratar sempre", explicou. Anti-oxidantes também combatem o aparecimento de manchas e conseguem atenuar os efeitos dessas marcas. Produtos à base de vitaminas como a C e E, além de dar viço e luminosidade, estimulam a produção de colágeno.

Outros ativos mais tradicionais também combatem a produção intensa de melanina: os clareadores como hidroquinona; os ácidos retinóico, tranexâmico e azelaico, porque dificultam a formação de novos pigmentos. Porém, é preciso cuidado na hora da escolha já que eles podem atrapalhar o tratamento de algumas variações de manchas. "Antes de usar qualquer produto, é preciso se consultar com um dermatologista. O ácido retinóico é um dos produtos que deve ser usado com prescrição, porque pode agravar melasmas, mas que serve de tratamento para outros problemas", contou a dermatologista Irene Rocha. A profissional ainda orienta que esses tratamentos não são apenas para as manchas, e que devem ser aplicados em todo o rosto, uniformemente, para um melhor resultado.

Barreiras físicas como óculos e chapéus evitam as marcas na pele

Barreiras físicas também funcionam para prevenir o aparecimento de manchas na pele. Atualmente, é possível encontrar roupas, chapéus e óculos escuros com proteção UV e que funcionam como uma defesa extra para a pele, segundo a dermatologista Jomara Estefaneli. A profissional aconselha que os cuidados com a pele sejam os mesmos durante todo o ano e não só nas temporadas mais quentes: "principalmente para quem mora em cidades onde a incidência da radiação UV é muito grande, a pele precisa dos mesmos cuidados sempre. Mas é claro que no verão precisamos redobrá-los até porque esta radiação aumenta, as pessoas se expõem mais, já que o horário de verão contribui para as atividades ao ar livre".

Dicas para atenuar manchas na pele

Para quem já tem algumas manchas e quer diminuir os efeitos na derme, Irene Rocha aconselha o peeling: "é uma das maneiras mais simples e eficazes para limpar a pele, remover as células mortas, hidratar, dar firmeza, suavizar rugas e até eliminar algumas manchas. O peeling não é um tratamento invasivo e nem doloroso, ele dá uma nova textura à pele, estimulando a produção do colágeno e da elastina", explicou a dermatologista.

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais