Beleza Extraordinária

Coloração permanente e semipermanente: quais as diferenças entre as fórmulas para pintar o cabelo? Descubra!

  • Quer ficar loira mas não sabe qual tintura é a ideal para o processo? Descubra a diferença entre tintas permanentes e semi-permanentes e saiba qual escolher (Foto: Instagram  @beautymalene)
  • As tinturas semi-permanentes são ideais para quem investe em alisamento nos cabelos por não conterem amônia e serem compatíveis com químicas (Foto: Instagram  @handemiyy)
  • É importante procurar por tintas que cuidem e nutram os cabelos enquanto transformam o visual, por isso, fique de olho na embalagem e prefira produtos com ativos como a queratina (Foto: Instagram  @msashleydevonna)
Tela cheia
Previous Next
Quer ficar loira mas não sabe qual tintura é a ideal para o processo? Descubra a diferença entre tintas permanentes e semi-permanentes e saiba qual escolher (Foto: Instagram @beautymalene)
  • Quer ficar loira mas não sabe qual tintura é a ideal para o processo? Descubra a diferença entre tintas permanentes e semi-permanentes e saiba qual escolher (Foto: Instagram  @beautymalene)
  • As tinturas semi-permanentes são ideais para quem investe em alisamento nos cabelos por não conterem amônia e serem compatíveis com químicas (Foto: Instagram  @handemiyy)
  • É importante procurar por tintas que cuidem e nutram os cabelos enquanto transformam o visual, por isso, fique de olho na embalagem e prefira produtos com ativos como a queratina (Foto: Instagram  @msashleydevonna)

Seja para mudar radicalmente o visual, esconder fios brancos ou apenas intensificar o brilho natural das madeixas, a dúvida sobre como escolher a tintura certa para os cabelos é quase inevitável. É que apesar de parecidas, as tintas permanentes e semi-permanentes são duas opções diferentes para casos específicos, e quando usar cada uma depende não só do resultado desejado, mas também do histórico de química nos fios. Para saber mais sobre o assunto e acertar na hora de transformar as madeixas, continue lendo a matéria e tire suas dúvidas!

Aprenda a escolher a tintura ideal para o seu tipo de cabelo

Logo depois de decidir apostar na coloração para incrementar o look, é hora de entender qual é a tinta certa para que o processo seja feito sem danos aos fios. Afinal, ainda que no fim tudo se resuma a colorir as mechas, é preciso pensar na opção que mais se adequada a sua necessidade. Enquanto as tinturas permanentes são perfeitas para grandes transformações - como no caso de morenas que desejam clarear bastante as madeixas -, as semi-permanentes, dependendo da fórmula, são a melhor alternativa para quem alisa os fios por serem compatíveis com cabelos quimicamente tratados.

Tintas permanentes

Como agem: a ideia dessas tinturas é atuar de forma intensa nos fios, retirando o pigmento natural e fixando a nova cor escolhida para os cabelos. Para fazer isso, a tinta permanente age dentro da fibra capilar proporcionando resultados mais intensos e duradouros.

Mais indicadas para: mulheres que desejam cobrir 100% dos fios brancos e passar por mudanças mais radicais nas madeixas.

Prós e contras: as colorações desse tipo duram por muito tempo nos cabelos e, conforme os fios crescem, só será preciso retocar a raiz. No entanto, mulheres que fazem relaxamento ou outras químicas como escovas progressivas precisam tomar bastante cuidado: os ativos dessa coloração não costumam ser compatíveis com alisamentos e podem provocar danos irreversíveis às madeixas

Tintas semi-permanentes

Como agem: menos invasivas, essas tintas praticamente não mexem na estrutura capilar - a ideia é depositar o pigmento escolhido no fio sem retirar a cor original dos cabelos -, por isso os resultados são mais leves e duram menos do que com as tintas permanentes.

Mais indicadas para: quem deseja dar um banho de brilho no cabelo, realçado o tom natural das madeixas, e para mulheres que costumam fazer alisamentos regulares nos fios

Prós e contras: por não terem amônia na composição, essas tintas são ideais para cabelos com química e, por serem de fácil aplicação, todo o processo pode ser feito em casa sem mistérios. Por outro lado, é preciso destacar que, ao contrário da permanente, essa coloração vai saindo dos fios com as lavagens.

Procure por tinturas com ativos que preservem a saúde dos cabelos

Para não sofrer com problemas como ressecamento ou fios opacos, é importante procurar por colorações permanentes que tenham ativos reparadores na fórmula - como a queratina, por exemplo. Dessa maneira, as madeixas passarão pela transformação sendo tratadas ao mesmo tempo, ficando fortalecidas após o processo.

Por outro lado, já nos casos das tintas semi-permanentes, vale buscar por aquelas que nutram os fios e devolvam o brilho que ele precisa para realçar as nuances e reflexos da cor desejada. Assim, com atenção aos detalhes, os resultados serão os melhores possíveis e a nova cor ficará ainda mais destacada no visual!

Temas relacionados
Óleo + Creme de pentear

Descubra os benefícios da misturinha