Beleza Extraordinária

Chocolate dá espinha? Esclareça a dúvida e saiba como cuidar da pele para acabar com a acne no rosto

  • O chocolate pode provocar espinhas, sim! Confira a opinião da dermatologista Mariana Marteleto e confira o porquê (Foto: Shutterstock)
  • Leite e derivados, bem como alimentos com muito açúcar estão relacionados diretamente ao aparecimento de acne (Foto: Pixelformula)
  • Uma rotina de cuidados adequada é chave para combater e prevenir o aparecimento de novas espinhas (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
O chocolate pode provocar espinhas, sim! Confira a opinião da dermatologista Mariana Marteleto e confira o porquê (Foto: Shutterstock)
  • O chocolate pode provocar espinhas, sim! Confira a opinião da dermatologista Mariana Marteleto e confira o porquê (Foto: Shutterstock)
  • Leite e derivados, bem como alimentos com muito açúcar estão relacionados diretamente ao aparecimento de acne (Foto: Pixelformula)
  • Uma rotina de cuidados adequada é chave para combater e prevenir o aparecimento de novas espinhas (Foto: Shutterstock)

Chocolate e espinhas muitas vezes parecem estar intimamente ligados. Mesmo com os cuidados diários com a pele para evitar a acne, basta comer o doce para aparecer no rosto o primeiro sinal da protuberância indesejada. Mas será mesmo que o doce é o grande responsável pelo problema ou a questão não passa de um mito? Para esclarecer esta e outras dúvidas, confira a opinião da dermatologista Mariana Marteleto!

Chocolate pode sim causar espinhas, em caso de consumo exagerado

Segundo Mariana Marteleto, a crença de que o chocolate pode causar espinhas não é mito. Mas ela afirma que não é somente o doce o grande causador do problema. "Tem uma relação direta, sim. Hoje em dia os estudos comprovam um aumento das lesões de acne relacionado a leite e derivados, bem como alimentos com alto índice glicêmico", contou a dermatologista.

Apesar da sensação de prazer oferecida a quem come a guloseima, é preciso ter moderação ao ingerir esta e outras delícias. A especialista explica: "Não só o chocolate, especialmente o de leite, mas todos os outros alimentos que tem muito açúcar ou que elevam muito o índice glicêmico de uma forma rápida no sangue também estão relacionados a acne".

Outra recomendação da médica é levar em consideração que a aparência é também um reflexo da saúde. Para a doutora, vale fazer uma dieta balanceada e procurar um profissional que entenda do assunto. "Eu sempre encaminho meus pacientes mais jovens, que percebo terem uma má alimentação, para um nutricionista, para que haja essa orientação".

Lavar o rosto no mínimo duas e no máximo três vezes ao dia é a dica para combater a acne

Para um cuidado adequado da pele do rosto com acne, a lavagem é outro passo importante. De acordo com a dermatologista Mariana Marteleto, o ideal é regular a frequência para no mínimo duas vezes ao dia e no máximo três. "Mais do que isso, as glândulas sebáceas podem ser estimuladas a produzir mais sebo, aumentando a oleosidade". O produto usado também faz diferença no resultado. "Vale a pena não usar um sabonete muito secativo, porque embora ele deixe a pele bem sequinha logo após a lavagem, ele também pode dar um efeito rebote", acrescentou Mariana.

Esfoliação suave restaura a textura da pele e limpa os poros

Mais um truque antiacne para combater e prevenir o aparecimento de novas espinhas: a esfoliação! Porém, ela deve ser feita do modo adequado. "É importante que o esfoliante usado tenha micropartículas que sejam bem suaves para a pele", aconselha a profissional. "O ideal é fazê-lo uma a duas vezes por semana no máximo".

Além disso, a dermatologista também sublinha a importância de um acompanhamento profissional. "Isso é muito importante para que se oriente uma conduta individualizada de acordo com o tipo de acne".

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!