Beleza Extraordinária

Caspa: saiba o que causa o problema e como tratar

  • Conheça as causas da caspa e como acabar com o problema
Tela cheia
Previous Next
Conheça as causas da caspa e como acabar com o problema

Quem sofre com a caspa costuma ter várias dúvidas sobre essa afecção que provoca coceiras e faz o couro cabeludo descamar. As causas podem ser várias e o tratamento certo vai depender em qual estágio da doença cada paciente está. A dermatologista e especialista em tricologia Letícia Bertazzi explica as questões mais recorrentes sobre o problema e dá o mapa da mina de como se livrar dele.

Entenda o que é a caspa e as suas principais características

A caspa tem origem na renovação celular, que acontece com todo ser humano, mas que nesses casos tem a velocidade acelerada. Enquanto uma pessoa saudável elimina as células mortas de uma forma imperceptível, quem tem a doença acumula essas escamas sobre áreas de grande produção sebácea provocando irritação, coceira e consequentemente uma eliminação visível desses resíduos esbranquiçados. Conhecida por dois tipos diferentes, a caspa pode aparecer na versão seca - com escamas que parecem pequenos flocos e geralmente são vistas caídas sobre os ombros - ou oleosa, produzindo placas mais grossas que aparecem visivelmente grudadas nos cabelos.

Problema pode ser causado por vários fatores diferentes

Segundo Letícia, as causas podem ser várias, a começar por fatores como stress e ansiedade passando também por alterações hormonais: "os hormônios sexuais, da tireoide e da suprarrenal são alguns exemplos, diz a dermatologista. A proliferação do Pityrosporum ovale, fungo que vive naturalmente no couro cabeludo, mas que nesses casos é produzido em maior quantidade, também pode ser um fator que provoca a irritação no local.

Qual a melhor forma de tratar a doença?

Para a profissional, a maioria dos pacientes que apresenta o problema pode se tratar de forma simples: "abuse dos shampoos anticaspa", indica afirmando que esse tipo de produto costuma ser suficiente para contornar a situação. Cuidar da raiz do problema também é fundamental e por isso ela ensina: "procurar uma alternativa para aliviar o stress contribui para um cabelo saudável, além disso deve-se manter sempre as taxas hormonais em dia", diz. Caso não haja melhora, Letícia indica uma conversa mais aprofundada com um dermatologista: "se a pessoa apresentar um quadro crônico, podemos passar medicação via oral, mas cada caso deve ser avaliado pelo médico", conta.

Verão pode ser uma época de ainda mais incômoda para quem tem o problema

As altas temperaturas do verão costumam agravar alguns sintomas da caspa, como coceira e irritação: "a sudorese pode piorar o quadro de quem apresenta o excesso de fungos no couro cabeludo", explica a dermatologista lembrando que esse aumento de umidade na região cria um ambiente propício para a proliferação do problema. A dica é não passar muito tempo exposto ao sol e fazer uma ótima higienização dos cabelos.

ver mais : Dicas de cabelos
Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação