Beleza Extraordinária

Carboxiterapia: o que é? Saiba como o método pode ajudar no tratamento de celulite, estrias e flacidez na pele

  • A carboxiterapia ajuda a eliminar as gorduras e estrias localizadas no corpo (Foto: Instagram  @madi_edwards)
  •  O método ajuda a diminuir a aparência da celulite e de cicatrizes mais aparentes (Foto: Instagram  @vanessaarieltorres)
  • Apostar na carboxiterapia é uma boa maneira de eliminar as marquinhas indesejadas no corpo e melhorar a flacidez no rosto (Foto: Instagram  @shanigrimmond)
Tela cheia
Previous Next
A carboxiterapia ajuda a eliminar as gorduras e estrias localizadas no corpo (Foto: Instagram @madi_edwards)
  • A carboxiterapia ajuda a eliminar as gorduras e estrias localizadas no corpo (Foto: Instagram  @madi_edwards)
  •  O método ajuda a diminuir a aparência da celulite e de cicatrizes mais aparentes (Foto: Instagram  @vanessaarieltorres)
  • Apostar na carboxiterapia é uma boa maneira de eliminar as marquinhas indesejadas no corpo e melhorar a flacidez no rosto (Foto: Instagram  @shanigrimmond)

Quem busca maneiras de como eliminar celulite, estria e gordura localizada talvez já tenha escutado sobre a carboxiterapia, um tratamento estético cada vez mais famoso entre as brasileiras. O método é bem simples e consiste em usar a aplicação de gás carbônico em áreas estratégicas do corpo - e até do rosto - para melhorar a circulação sanguínea, além de estimular a produção de colágeno que firma e uniformiza a pele. Ficou interessada em saber mais? Continue lendo a matéria e aproveite!

Entenda como funciona a carboxiterapia e saiba mais sobre o procedimento

Logo de início, é importante dizer que o processo todo é feito dentro do consultório, durante 30 ou 40 minutos e utilizando um aparelho específico, acoplado ao cilindro de gás carbônico. Assim, quando a agulha bem pequena entra na pele, o organismo elimina o excesso de gás carbônico e, ao mesmo tempo, libera uma boa quantidade de oxigênio. Esse processo ajuda a destruir as células de gordura, eliminar toxinas e tratar a flacidez na pele.

Onde a carboxiterapia pode ser feita? Rosto, abdômen, coxas, nádegas, costas, etc.

Quem pode fazer o procedimento? Indica-se que seja feito por dermatologistas e cirurgiões plásticos especializados no assunto.

Quantas sessões devem ser realizadas? A média é de 10 sessões, mas isso varia conforme cada paciente.

O processo dói? A princípio, é normal que se sinta um desconforto nas primeiras sessões da carboxiterapia, mas a dor vai diminuindo aos poucos.

Carboxiterapia é opção para o tratamento de celulites, estrias e cicatrizes

Esse tipo de método estético promete uma pele mais resistente, aumento da circulação sanguínea, preenchimento de tecidos e queima de gordura, portanto, é muito indicada para  gordurinhas localizadas, redução de cicatrizes aparentes, estrias avermelhadas, olheiras e flacidez no corpo e rosto. No entanto, antes de optar pelo tratamento, é importante consultar um especialista e entender os fatores de risco e efeitos colaterais do procedimento.

Sessões precisam ser aliadas à alimentação saudável e rotina de exercícios

Uma vez que os resultados da carboxiterapia não são permanentes, é importante lembrar que ela precisa ser acompanhada de hábitos saudáveis como uma rotina alimentar equilibrada e exercícios físicos regulares. O motivo é que a ingestão de vitaminas e nutrientes vai ajudar no controle do peso, viço da pele do rosto e corpo e, é claro, em uma melhora significativa da disposição e metabolismo. Nada mau, né?

Redação: Raquel Carletto

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais