Beleza Extraordinária

Cabelos na gravidez: saiba quais cortes e penteados disfarçam a raiz escura e fios com textura diferente

  • Fios mais grossos e distância de colorações podem causar dúvidas à futuras mamães
Tela cheia
Previous Next
Fios mais grossos e distância de colorações podem causar dúvidas à futuras mamães

Apesar do momento único e gratificante que uma gravidez pode proporcionar, a trajetória dos nove meses costuma gerar muitas dúvidas entre as mulheres, principalmente em relação ao cuidado dos cabelos. Para quem colore ou alisa os fios, a atenção quanto aos produtos químicos precisa ser redobrada para que não afete a saúde do bebê. Além disso, alterações hormonais são comuns durante essa época e em muitos casos podem mudar a textura dos fios. Como nenhuma futura mamãe quer deixar de lado os cuidados capilares, o Beleza Extraordinária conversou com o hairstylist Alê Crema, que preparou dicas sobre cortes e penteados que disfarçam raiz escura ou textura diferente dos cabelos durante a gravidez. Confira!

Aposte no corte long bob ou estilo pixie para disfarçar raiz escura

A gestação muda por completo a vida das mamães e por que não aproveitar o momento para mudar também o corte de cabelo? Para as grávidas que costumam colorir os fios, a raiz acaba ficando aparente com cerca de 3 a 4 dedos de comprimento, mas o ideal é manter distância das colorações até o terceiro trimestre da gestação. E para disfarçar a raiz escura durante esse período, Alê Crema indica cortes na altura do ombro, como o estiloso long bob, que vai deixar os tons diferentes no cabelo menos aparentes. Quem gosta de cabelos curtinhos ou quer radicalizar de vez, o corte pixie - aquele estilo "joãozinho" moderno - também é uma ótima ideia, já que os fios vão ficar com a cor natural. Além disso, os dois cortes estão em alta e têm sido um dos mais pedidos nos salões de beleza.

Fios ao natural e babyliss também ajudam a disfarçar raiz 

Apesar de o uso da chapinha e do secador serem permitidos durante a gravidez, o ideal é evitar usá-los todos os dias para que o cabelo, que já está sensível, não fique quebradiço. Segundo Alê Crema, ondular ou cachear os fios é melhor do que o efeito polido que a chapinha vai proporcionar. "Ao invés de passar a chapinha, faça babyliss. Como dá aquele volume, o efeito disfarça a divisão entre o cabelo virgem e a coloração ou mecha," explica o hairstylist. Ainda segundo Crema, a gestação pode ser um bom motivo para voltar a usar os fios ao natural. Para as crespas e cacheadas, a dica é modelar bem os cachos. Já quem tem fios lisos ou ondulados pode apostar num volume em toda a extensão do cabelo.

Penteados podem esconder textura diferente dos cabelos

Uma das principais mudanças que as grávidas podem sentir no cabelo é a textura. Os hormônios da gravidez também podem fazer com que os fios se tornem mais grossos, mais finos ou até mesmo mais brilhantes. Se você faz parte do grupo de mamães que está sentindo as primeiras mudanças na textura dos fios, ou que costuma fazer alisamentos e o cabelo natural já está crescendo, uma das saídas para disfarçar a raiz alta com penteados. O rabo de cavalo pode ser usado bagunçadinho, com mechas desfiadas sutilmente na raiz. Já o coque pode ser feito no alto da cabeça - além de ser estiloso, a textura do cabelo não ficará tão aparente. 

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais