Beleza Extraordinária

Cabelos lisos e soltos dominam o último dia de SPFW

  • O movimento Art Nouveau foi a inspiração para a coleção e os cabelos despojados da Têca, de Helô Rocha
  • A Têca também apostou nos chapéus pretos com aba mediana
  • Inspirados pelo sertão nordestino, os cabelos da Amapô receberam spray de água salgada para aparentar textura seca
  • Reinaldo Lourenço fez seu retorno ao SPFW com uma mistura de sofisticado com kitsch, os cabelos das modelos eram polidos, repartidos ao meio e jogados para trás dos ombros
  • Alexandre Herchcovitch apresentou sua coleção masculina, mas Ana Cláudia Michels, com os fios soltos e repartidos na lateral, foi uma das três mulheres que atravessaram a passarela
  • Os coques volumosos foram parte da beleza das modelos de Samuel Cirnansck, numa referência às bonecas russas
Tela cheia
Previous Next
O movimento Art Nouveau foi a inspiração para a coleção e os cabelos despojados da Têca, de Helô Rocha
  • O movimento Art Nouveau foi a inspiração para a coleção e os cabelos despojados da Têca, de Helô Rocha
  • A Têca também apostou nos chapéus pretos com aba mediana
  • Inspirados pelo sertão nordestino, os cabelos da Amapô receberam spray de água salgada para aparentar textura seca
  • Reinaldo Lourenço fez seu retorno ao SPFW com uma mistura de sofisticado com kitsch, os cabelos das modelos eram polidos, repartidos ao meio e jogados para trás dos ombros
  • Alexandre Herchcovitch apresentou sua coleção masculina, mas Ana Cláudia Michels, com os fios soltos e repartidos na lateral, foi uma das três mulheres que atravessaram a passarela
  • Os coques volumosos foram parte da beleza das modelos de Samuel Cirnansck, numa referência às bonecas russas

Os cabelos soltos reinaram absolutos no quinto e último dia da temporada outono/inverno 2014 do São Paulo Fashion Week. Cinco estilistas desfilaram suas criações para a próxima estação e apostaram nos fios lisos, polidos ou despojados, para complementarem seus visuais. Até mesmo Alexandre Herchcovith, que apresentou sua coleção masculina, deixou as madeixas das únicas três mulheres a cruzarem a passarela soltas e repartidas lateralmente. O único que fugiu à regra foi Samuel Cirnansck, que se inspirou em bonecas russas para a beleza de suas modelos, usando coques altos e volumosos presos por um laço de fita.

Liso polido para Reinaldo Lourenço

Reinaldo Lourenço retornou à temporada de moda paulista misturando o glamour e a sofisticação das francesas da década de 1920 com o ar kitsch das roqueiras dos anos 1980. A apresentação mostrou alfaiataria em cores neutras, principalmente o preto, seguidas de looks brilhosos, em tecido lamê, e com estampa animal print. Para se adequar às duas fases distintas do desfile, o estilista optou por alisar os cabelos de suas modelos, dividindo-os ao meio e jogando-os por trás dos ombros.

Água salgada nos fios para realçar a beleza do sertão da Amapô

A Amapô mostrou a beleza da mulher nordestina animada por trilha sonora de música sertaneja. "Por uma questão regional, o cabelo delas tem um aspecto mais seco, então me inspirei nessa textura para criar o penteado", contou o cabeleireiro Ricardo dos Anjos, que fez a beleza da marca. Ele aplicou spray de água salgada nos fios com textura natural das modelos e repartiu as madeixas lateralmente, prendendo as mechas da frente atrás da orelha com o auxílio de grampos aparentes. A coleção mostrou vestidos com estampa colorida, jaquetas e calças de couro, além de jeans de cintura alta e boca larga.

Fios lisos com risca central na passarela da Têca

A estilista Helô Rocha se inspirou no movimento Art Noveau para criar sua coleção para a Têca. As saias e vestidos ganhavam ar de frescor pelos tecidos leves e esvoaçantes, na cartela de cores de preto, azul marinho, verde e cenoura, e estampas inspiradas no trabalho do artista britâncio William Morris. Para manter o estilo despojado, as modelos tiveram seus cabelos lisos repartidos ao meio, com fios soltos naturalmente, sem o aspecto muito polido.

Já Alexandre Herchcovitch mostrou sua coleção masculina, mas fez questão da presença de três modelos mulheres: Ana Cláudia Michels, Caroline Ribeiro e Geanine Marques. Elas usaram os fios bem alisados, com aspecto molhado, repartidos lateralmente e penteados para trás dos ombros.

Bonecas russas foram a inspiração para coque volumoso de Samuel Cirnansck

A beleza do desfile de Samuel Cirnansck foi inspirada em bonecas de porcelana russas para mostrar sensualidade e inocência. "A gente quis reproduzir o trabalho da artista plástica Marina Bychkova. Não dá para usar na vida real, é mais teatral", explicou o cabeleireiro Celso Kamura. As modelos tiveram seus cabelos presos em coques altos e volumosos, presos por laços de fita, com uma mecha de cabelo solta ao lado do rosto, que passava ainda mais feminilidade. O estilista, especializado em alta costura, fechou a temporada paulista de moda mostrando uma coleção com muito bordado e rica em detalhes.

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação