Beleza Extraordinária

Cabelos de top: inspire-se nas mudanças capilares de Linda Evangelista

  •  Em agosto de 1989, a super modelo Linda Evangelista posou para a revista Elle americana com os fios cor de chocolate bem curtinhos e sobrancelhas marcadas
  •  Foram os cabelos curtinhos que chamaram atenção no visual de Linda Evangelista, que foi capa da Vogue Itália, em 1989, com os fios castanhos adornados com acessórios delicados
  •  Abandonando os tradicionais cabelos castanhos, a supermodelo apostou nos fios ruivos para estampar a capa da Vogue Paris em 1991
  •  A Vogue Britânico apostou na beleza delicada e cheia de personalidade de Linda Evangelista para estampar a capa da edição de setembro de 1992
  •  Apesar dos fios castanhos terem sido o primeiro sucesso de Linda, a top apostou em outras nuances no decorrer da carreira e estampou a capa da Vogue Coreia em 1996 com madeixas loiras
  •  Apostando nos fios loiros e mais compridos, a supermodelo usou as madeixas bem lisas e com movimento para editorial da revista Harper Bazaar de fevereiro de 1994
  •  Em terras brasileiras, Linda Evangelista estrelou a capa da revista Vogue Brasil em outubro de 2011 com fios curtinhos, lisos e mais claros do que o natural
  •  Com make dramática, Linda Envagelista mostrou seu lado mais rock e apareceu com fios bagunçados e penteados para cima na capa da i-D Magazine de Março de 2004
  •  Relembrando os tempos áureos, Linda Evangelista posou com cabelos loiros e curtinhos para a revista i-D Magazine em 2012
  •  Com cabelos pouco abaixo da linha do queixo, Linda posou para uma edição especial da Vanity Fair em 2012
  •  Com os cabelos castanhos e curtinhos, Linda Evangelista foi a capa da revista Harper Bazaar US em outubro de 2013
  •  Com cabelos volumosos e cheios de bossa, a supermodelo e ícone da modelagem dos anos 80/90, Linda Evangelista, estrelou o editorial intitulado “Bella Di Giorno” da revista Vogue Alemanha Julho 2013
Tela cheia
Previous Next
Em agosto de 1989, a super modelo Linda Evangelista posou para a revista Elle americana com os fios cor de chocolate bem curtinhos e sobrancelhas marcadas
  •  Em agosto de 1989, a super modelo Linda Evangelista posou para a revista Elle americana com os fios cor de chocolate bem curtinhos e sobrancelhas marcadas
  •  Foram os cabelos curtinhos que chamaram atenção no visual de Linda Evangelista, que foi capa da Vogue Itália, em 1989, com os fios castanhos adornados com acessórios delicados
  •  Abandonando os tradicionais cabelos castanhos, a supermodelo apostou nos fios ruivos para estampar a capa da Vogue Paris em 1991
  •  A Vogue Britânico apostou na beleza delicada e cheia de personalidade de Linda Evangelista para estampar a capa da edição de setembro de 1992
  •  Apesar dos fios castanhos terem sido o primeiro sucesso de Linda, a top apostou em outras nuances no decorrer da carreira e estampou a capa da Vogue Coreia em 1996 com madeixas loiras
  •  Apostando nos fios loiros e mais compridos, a supermodelo usou as madeixas bem lisas e com movimento para editorial da revista Harper Bazaar de fevereiro de 1994
  •  Em terras brasileiras, Linda Evangelista estrelou a capa da revista Vogue Brasil em outubro de 2011 com fios curtinhos, lisos e mais claros do que o natural
  •  Com make dramática, Linda Envagelista mostrou seu lado mais rock e apareceu com fios bagunçados e penteados para cima na capa da i-D Magazine de Março de 2004
  •  Relembrando os tempos áureos, Linda Evangelista posou com cabelos loiros e curtinhos para a revista i-D Magazine em 2012
  •  Com cabelos pouco abaixo da linha do queixo, Linda posou para uma edição especial da Vanity Fair em 2012
  •  Com os cabelos castanhos e curtinhos, Linda Evangelista foi a capa da revista Harper Bazaar US em outubro de 2013
  •  Com cabelos volumosos e cheios de bossa, a supermodelo e ícone da modelagem dos anos 80/90, Linda Evangelista, estrelou o editorial intitulado “Bella Di Giorno” da revista Vogue Alemanha Julho 2013

Dona de um dos looks mais desejados dos anos 1990, Linda Evangelista foi uma das primeiras a ser considerada uma supermodelo no mundo, chamando atenção por seus cabelos camaleônicos. A curiosidade das mulheres da década que revelou tops como Cindy Crawford, Naomi Campbell e Christy Turlington logo foi ainda mais aguçada após Linda surgir de fios curtinhos e com costeletas.

Fios curtinhos foram a chave do sucesso

Conhecida por mudar constantemente o estilo dos cabelos, Linda Evangelista admite que foi um novo corte nas madeixas que a fez decolar na carreira de modelo. Apesar de saber desde muito jovem o que queria, a canadense só conseguiu trabalhos consagrados em 1988, após o fotógrafo Peter Lindbergh pedir para que o hairstylist Julien d'Ys cortasse os longos cabelos da modelo.

O novo visual, que segundo ela parecia uma "tigela com costeletas", causou um susto na top em um primeiro momento, mas logo depois Linda percebeu que os fios curtinhos só iriam ajudar a alavancar seus trabalhos no mundo da moda. "Pensei que minha carreira tinha acabado ali. Dezoito dos meus 20 contratos foram cancelados. Liguei aos prantos para o (fotógrafo) Steven Meisel", contou ao jornal "The Independent", em 1997. Dois meses depois da transformação, no entanto, os fios curtinhos e cor de chocolate já estampavam as capas da revista Vogue América, Itália, França e Reino Unido.

Camaleoa: modelo já foi loira, morena e ruiva

Após perceber que os cabelos poderiam ajudar a transformar uma grande parte de sua vida, Linda Evangelista não parou mais de mudar o estilo das madeixas. Loira, morena ou ruiva, a supermodelo chegou a ser apelidada de "camaleoa" no mundo da moda, devido a tantas mudanças, que ajudavam a transparecer seu estilo inovador e encarnar as mais diversas personagens em frente às lentes dos fotógrafos.

Apesar de terem sido os fios curtinhos os responsáveis por sua fama mundial, com sua carreira já consolidada Linda Evangelista resolveu deixar as madeixas crescerem novamente, provando que pode mostrar sua personalidade e diferencial seja com cabelos curtos, médios ou longos. Atualmente envolvida com com projetos humanistas, cedendo sua imagem para associações contra a Aids ou da luta contra o câncer de mama, a top mantém os fios longos e em um tom de castanho-escuro, apostando quase sempre em penteados que misturam a simplicidade com sofisticação, como semi-presos e coques alinhados.

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!