Beleza Extraordinária

Cabelos danificados: saiba como combater os dez vilões dos fios saudáveis

  • Em busca de cabelos bonitos e saudáveis, as mulheres encaram ações do cotidiano que podem atrapalhar o crescimento, força e aspecto dos fios.
Tela cheia
Previous Next
Em busca de cabelos bonitos e saudáveis, as mulheres encaram ações do cotidiano que podem atrapalhar o crescimento, força e aspecto dos fios.

Em busca de um cabelo bonito e saudável, as mulheres encaram ações do cotidiano que podem acabar atrapalhando o crescimento, força e aspecto dos fios. A falta de corte ou de proteção na exposição ao sol, entre outros motivos, podem atrapalhar a busca pelo cabelo perfeito. Listamos alguns dos vilões do cabelo danificado e a forma de driblar esses problemas para ter um cabelo mais saudável:

1) Secador e chapinha

Os aparelhos podem ajudar a modelar os fios, mas também podem se tornar vilões se não forem usados do modo correto. O calor excessivo danifica os fios e causa ressecamento e quebra. Para proteger o cabelo, é importante usar termoprotetores que formam uma película nos fios, evitando que o calor danifique a fibra capilar ao mesmo tempo que potencializam o efeito liso.

2) Colorações

Toda química é agressiva e com a coloração não é diferente, independente de ser tonalizante ou tinta permanente. Quando se muda a cor dos cabelos, a estrutura da fibra capilar fica comprometida. Para tentar minimizar os efeitos da tinta no cabelo, mantenha os fios hidratados com cuidados semanais e invista em um tratamento mais potente, como a queratinização, depois da mudança de visual.

3) Alisamento

A química do alisamento é ainda mais agressiva porque muda o formato da fibra capilar, o que pode render pontas ásperas e cabelo ressecado. A visagista Mariana Gorini conta que o alisamento é o maior vilão dos cabelos femininos: "de longe, esse é o pior tipo de química porque muda a estrutura do fio e ele não volta a ser o mesmo".

Porém, o dano dos procedimentos químicos pode ser suavizado sem necessidade de um corte imediato, com hidratações em casa ou no salão. Para um resultado mais efetivo, Mariana indica reconstruções e cauterização para recuperar a cutícula do fio .

4) Sol, poluição e outros agentes externos

Até quando o cabelo não recebe nenhum tipo de procedimento químico ou físico, como o secador e a chapinha, ele continua refém do clima. Agentes externos como o sol, vento, o frio e poluição podem atrapalhar a conquista do cabelo perfeito, para minimizar os efeitos, invista em leave-ins de e produtos com proteção UV.

5) Água

A água também pode ser um vilão para o cabelo saudável se estiver na temperatura errada. Um banho quente pode ser bom, mas a alta temperatura incentiva a produção de oleosidade no couro cabeludo e o ressecamento das pontas. Segundo Mariana Gorini, o ideal é lavar os fios em temperatura ambiente, pois "a água fria também resseca o cabelo".

Outro problema proveniente da água é o cloro das piscinas, que além de maltratar os fios, pode esverdear as madeixas loiras muito claras. Para evitar o tom verde, umideça os cabelos com água doce antes e depois de nadar.

6) Presilhas

Cuidado com a pressão na hora de prender o cabelo. Presilhas muito justas podem causar queda e enfraquecer os fios. Para que os cabelos cresçam mais fortes, escolha penteados mais frouxos, seja para praticar esportes ou para um evento mais formal.

7) Vários procedimentos químicos de uma vez

Coloração, permanentes e relaxamento são procedimentos químicas que penetram profundamente na fibra capilar, alterando sua estrutura interna. Para evitar danos aos fios, o ideal é esperar pelo menos duas semanas entre os serviços e fazer grandes mudanças lentamente. Quando se trata de pintar os cabelos, a melhor saída é optar por uma trasformação gradual e utilizar shampoos específicos para cabelos coloridos . Hidratar os fios pelo menos uma vez por semana também é fundamental para madeixas com qualquer tipo de química.

8) Escolha a escova adequada

Usando a escova certa, é possível diminuir a ação do frizz e a quebra do fio e, por isso, é importante que cada tipo de cabelo seja analisado para uma boa escolha. "A escolha deve ser feita de acordo com o tipo de fio, tamanho de cabelo e o efeito desejado. É importante observar o tipo de cerdas, revestimento e tecnologias que oferece para fazer uma boa escolha", apontou o gerente de produtos da ProArt, Marcelo Esquerdo.

9) Excesso de produtos nos fios

Lavar é uma etapa importante para cuidar dos fios. É nesse momento que todos os resíduos de produtos aplicados são limpos e a fibra capilar consegue "respirar". "O ideal para retirar os resíduos do cabelo de forma eficiente, é, além do uso de shampoo e condicionador, usar pelo menos uma vez por semana o shampoo antirresíduo. O excesso de produtos nos fios deixa os cabelos opacos e pesados", explicou a visagista Mariana Gorini.

10) Má alimentação

Não adianta investir em produtos que deixe os cabelos bonitos quando o corpo não tem energia para que os fios cresçam saudáveis. As madeixas necessitam de alimentos ricos em proteínas, vitaminas e sais minerais, e água para combater o ressecamento.

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!

últimas matérias

Ver mais