Beleza Extraordinária

Cabelo bicolor: o glamour caricato da vilã Cruella de Vil

  • Glenn Close como Cruella De Vil em "101 Dálmatas"
  •  A edição de outubro da Harper's Bazaar da América Latina trouxe a modelo Alisson Nix em um editorial de moda intitulado Hija de Cruella (Filha de Cruella) 
   
   
  
  • A produção de moda, de Mary Fellowes contou com looks em preto e branco de grandes grifes, como Burberry, Versace, Alexander Wang e Celine
  •  Com mechas brancas à la Cruella e visual punk, Scarlet Johanson foi capa da "W Magazine" em novembro de 2012 
   
   
  
  •   Em 2011, a   Vogue Rússia   presenteou os leitores com um ensaio fashion inspirado na vilã dos dálmatas
  •    O cabelo mais conhecido por adotar essa pintura moderna é da cantora norte-americana Alaina Beaton   
   
   
  
  • Sempre camaleoa, Lady Gaga adota o estilo Cruella não só nas madeixas, como também nas roupas
Tela cheia
Previous Next
Glenn Close como Cruella De Vil em "101 Dálmatas"
  • Glenn Close como Cruella De Vil em "101 Dálmatas"
  •  A edição de outubro da Harper's Bazaar da América Latina trouxe a modelo Alisson Nix em um editorial de moda intitulado Hija de Cruella (Filha de Cruella) 
   
   
  
  • A produção de moda, de Mary Fellowes contou com looks em preto e branco de grandes grifes, como Burberry, Versace, Alexander Wang e Celine
  •  Com mechas brancas à la Cruella e visual punk, Scarlet Johanson foi capa da "W Magazine" em novembro de 2012 
   
   
  
  •   Em 2011, a   Vogue Rússia   presenteou os leitores com um ensaio fashion inspirado na vilã dos dálmatas
  •    O cabelo mais conhecido por adotar essa pintura moderna é da cantora norte-americana Alaina Beaton   
   
   
  
  • Sempre camaleoa, Lady Gaga adota o estilo Cruella não só nas madeixas, como também nas roupas

Os contos de fada criaram princesas que viraram referência de estilo para as garotas mundo afora. Porém, as mocinhas nada seriam sem a presença das vilãs. Malvadas, meticulosas e divertidas, as anti-heroínas conquistam o público com suas tiradas fantásticas. No topo da lista dessas personagens que amamos odiar, encontra-se Cruella De Vil, a Cruella Cruel. A personagem é a antagonista do livro "101 Dálmatas", escrito por Dodie Smith em 1956, mas foi apenas na versão animada da história (o desenho foi lançado em 1961) que a personagem tornou-se um ícone entre as vilãs do cinema. Capaz de ser uma das vilãs mais memoráveis da sétima arte, ela é um símbolo de moda e classe mais que consolidado. Com seu cabelo bicolor e sua obsessão por pele de dálmatas, ela foi eternizada no cinema na pele de Glenn Close, em 1996.

Quase em todas as cenas em que aparece, a vilã exala glamour com seu estilo elegante, extravagante e... cruel. Era quase impossível não torcer para os planos da malvada, ainda que eles compreendessem transformar indefesos filhotinhos de cachorro em pele de casaco.

Cabelo bicolor e glamouroso

Quem não venera Cruella De Vil? Vaidosa, obsessiva e terrivelmente egocêntrica, a malvada adora luxo e faz questão de deixar isso bem claro através de seu visual. Seus cabelos são metade pretos e metade brancos e a personagem não abre mão de seu enorme casaco de vison.

As mais corajosas adotam o cabelo bicolor em tons vibrantes, como o loiro e rosa, laranja e preto ou até mesmo azul e vermelho em suas combinações. Mas não é apenas no tom dos fios que Cruella inspira tendências: seus penteados também são icônicos. Volume nos cabelos é uma das marcas registradas da personagem. Por vezes, a vilã aparece com os fios geometricamente desalinhados, com uma aparência tão extravagante quanto sua personalidade. Topetes estão presentes em coques, rabos de cavalo e qualquer preso que Cruella usa.

Ícone de estilo

Excêntrico, seu estilo tem servido de inspiração para vários editoriais de moda e composição de looks. É possível dar um toque de Cruella às produções apostando em muitas peças de couro, chapéus e óculos escuros grandes, bijuterias extravagantes, além de peças com estampas de bolinha, bem anos 1960. Na maquiagem, o predomínio é do preto e do branco. Para conseguir "lábios curvados e o gelo no olhar", como diz a música do filme, a dica é apostar no batom vermelho e um forte traço de delineador preto nos olhos.

Cruella no cinema

Recentemente a Disney divulgou que Cruella voltará às telonas - e, dessa vez, sem precisar dividir espaço com mais de 101 protagonistas. Cruella De Vil ganhará um filme só seu. A trama, que ainda está sendo mantida em sigilo, provavelmente contará as origens da personagem e terá como roteirista Aline Brosh McKenna, a mesma de "O Diabo Veste Prada". A produção fica por conta de Joe Roth, que realizou "Alice no País das Maravilhas", "Branca de Neve e o Caçador" e "Oz: Mágico e Poderoso". Glenn Close, que fez muito sucesso no papel da vilã, não confirmou se voltará a interpretar a personagem, mas não estará de fora: será produtora-executiva do projeto.

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação