Beleza Extraordinária

Beleza: dicas dos dermatologistas para tratar poros dilatados

  • Para reduzir a aparência de poros dilatados, é preciso tratar a oleosidade, que é o maior agravante do problema
Tela cheia
Previous Next
Para reduzir a aparência de poros dilatados, é preciso tratar a oleosidade, que é o maior agravante do problema

Quem sofre com poros dilatados sabe que eles podem arruinar qualquer make e que o problema já ocupa o posto de um dos principais rivais da beleza feminina. A causa dessa alteração está na oleosidade, que preenche os poros e acaba aumentando seu tamanho. A questão só piora no verão, quando a transpiração ajuda a acumular ainda mais gordura entre os espaços. Os dermatologistas Murilo Drummond e Maria Paula Del Nero dão o caminho das pedras para quem quer minimizar o problema e conquistar uma pele saudável e sem brilho excessivo.

Limpeza correta é o primeiro passo para a melhora

Para que a oleosidade não se acumule nos poros é preciso manter o rosto sempre limpo. Lavar duas vezes por dia, uma de manhã e outra a noite, já é suficiente: se passar disso a pele pode entender que sua proteção natural foi removida e produzir ainda mais óleo para substituir o que foi retirado - é o chamado efeito rebote. Para quem ainda sente um brilho incômodo durante o dia, Maria Paula indica os lenços de controle de oleosidade, que matificam sem tirar a maquiagem. Já Murilo Drummond revela que os "pads", pedaços de algodão embebidos em soluções potentes, são uma ótima alternativa para limpar e tratar a pele na correria do dia-a-dia.

Tratamentos e maquiagem podem disfarçar o problema

Apesar de não haver uma cura definitiva, os poros dilatados podem ser minimizados a cada 15 dias com esfoliações e limpezas de pele, que ajudam a remover as células mortas. "Fora os casos de poros mais superficiais, a reversão é apenas parcial, mas a qualidade, textura da pele e aparência geral melhoram bastante", revela Murilo Drummond, que é professor titular do Instituto de Pós Graduação Médica Carlos Chagas.

Quem optar por contornar a situação com maquiagem pode ter na nécessaire uma rival ou uma aliada - tudo depende do modo que ela será usada. Profissional da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Maria Paula é defensora dos BB creams que, além de refletirem a luz, disfarçando os poros, também deixam a pele mais uniforme. Produtos funcionais como bases e corretivos que já vêm com ácidos próprios para tratar oleosidade também são bem-vindos, mas quem não tiver acesso a esses itens precisa pelo menos garantir que os produtos são não comedogênicos, ou seja, que não entopem os poros.

Siga os passos corretos para uma rotina ideal

Segundo Maria Paula, existe uma rotina ideal que toda mulher que procura minimizar os poros pode seguir. Pela manhã a higienização da pele deve ser feita com sabonetes que carreguem na composição ácido glicólico ou salicílico, agentes que combatem a oleosidade. "Os sabonetes levemente esfoliantes também podem ser usados sem medo ao acordar e antes de deitar", revela Murilo Drummond.

O segundo passo é o tônico adstringente, que finaliza a limpeza de uma forma profunda, deixando a derme pronta para receber a maquiagem. Quem tem esse tipo de pele deve manter a maquiagem o mais leve possível, por isso a dermatologista indica o uso de um BB cream que já tenha protetor solar e hidratante para pular algumas partes do ritual. Mulheres que preferem usar cada produto de forma separada devem dar preferência às versões em gel e sérum, sempre procurando a descrição "oil free" no rótulo.

À noite um creme de tratamento pode ser adicionado aos passos depois de lavar e tonificar: "prefira os que têm ácido retinóico no inverno e os com ácido glicólico no verão", ensina Maria Paula. Um gel esfoliante também pode fazer parte dos cuidados nessa hora do dia: "use duas vezes por semana", indica Murilo Drummond.

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação