Beleza Extraordinária

Beber álcool pode acelerar o envelhecimento da pele? Descubra!

  • Entenda o que o consumo excessivo de álcool pode fazer com a sua pele! (Foto: Shutterstock)
  • Consumir bastante água entre uma bebida e outra é um dos cuidados indispensáveis para evitar a desidratação da pele (Foto: Shutterstock)
  • Uma das dicas para que o álcool não prejudique a pele é reduzir o seu consumo durante a semana (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Entenda o que o consumo excessivo de álcool pode fazer com a sua pele! (Foto: Shutterstock)
  • Entenda o que o consumo excessivo de álcool pode fazer com a sua pele! (Foto: Shutterstock)
  • Consumir bastante água entre uma bebida e outra é um dos cuidados indispensáveis para evitar a desidratação da pele (Foto: Shutterstock)
  • Uma das dicas para que o álcool não prejudique a pele é reduzir o seu consumo durante a semana (Foto: Shutterstock)

Você já parou para pensar nos efeitos do álcool na pele? Sentar com amigas para bater um papo entre uma cerveja aqui e um vinho ali está entre os programas preferidos de quem gosta de beber. E não é para menos, já que esse programa é quase que uma terapia relaxante depois de toda a correria e estresse da semana. Mas você sabia que o consumo constante e exagerado de bebidas alcoólicas pode trazer danos irreversíveis para sua pele e te deixar parecendo dez anos mais velha? Saiba mais detalhes sobre o assunto!

Desidratação causada pelo álcool deixa a pele com aspecto ressecado 

Só o ato de beber até de madrugada, por si só, já prejudica a pele por causar noites mal dormidas. Mas, além disso, existem vários outros fatores que fazem com que o consumo excessivo de bebida alcoólica apareça como um problema na rotina de beleza - e não, não estamos falando apenas do fato de você esquecer de remover a maquiagem sempre que chega muito cansada de um happy hour. 

O principal motivo para essa preocupação é a desidratação que o álcool causa no organismo. Como diminui a produção do hormônio antidiurético - o responsável pela reabsorção de água -, ele faz com que a pessoa urine com mais frequência e sinta mais sede. E, como se não bastasse, também acelera a perda de líquido do corpo por aumentar o fluxo de suor. 

Assim, quando esse quadro se repete por várias vezes seguidas, a pele acaba sendo afetada por essa desidratação e ganha um aspecto ressecado, descamado e com linhas de expressão mais evidentes - já que, quando não está hidratada da maneira correta, a derme tende a denunciar mais rapidamente os sinais da idade. 

Consumo excessivo de álcool também pode degradar o colágeno e acelerar o envelhecimento

Além de acentuar as linhas de expressão já evidentes por causa da desidratação, o consumo constante de bebidas alcoólicas também pode facilitar o aparecimento de novas rugas. O motivo para isso é o seguinte: quando consumido excessivamente, ele é capaz de desencadear danos por radicais livres! 

Quando isso acontece, além do risco de causar problemas mais sérios, como as doenças no fígado, o álcool também acaba degradando o colágeno e contribuindo para o aparecimento de rugas e marcas de expressão prematuras - já que essa proteína, produzida pelo próprio corpo, é a responsável por garantir a firmeza e elasticidade da pele. 

Reduzir o consumo de álcool e seguir uma rotina de beleza garantem uma pele mais bonita 

Mas isso não quer dizer que você precisa cortar de vez o álcool da sua vida: tomando alguns cuidados, é possível se divertir no happy hour e no final de semana e continuar com a pele bonita e com aparência jovem. 

A principal dica é diminuir o consumo e não beber por vários dias seguidos durante a semana - o que ajudará a evitar a desidratação e, também, reduzir a frequência de noites mal dormidas. Além disso, sempre que estiver bebendo, é importante ter o cuidado de ficar com uma garrafinha de água por perto para se reidratar entre uma bebida e outra. 

No dia a dia, para reforçar essas precauções, não deixe de tirar a maquiagem antes de dormir; fazer esfoliações de acordo com a frequência indicada para o seu tipo de pele; usar um creme anti-idade; e caprichar na hidratação para que o rosto não fique com o aspecto craquelado e ressecado que todo mundo quer evitar. 

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais