Beleza Extraordinária

Atrito entre os fios: saiba como contornar o problema dos cabelos elétricos

  • O ressecamento dos cabelos é a principal causa de fios elétricos. O problema deve ser combatido com hidratação, produtos reparadores e ferramentas apropriadas
Tela cheia
Previous Next
O ressecamento dos cabelos é a principal causa de fios elétricos. O problema deve ser combatido com hidratação, produtos reparadores e ferramentas apropriadas

As aulas de física não falavam sobre beleza, no entanto, a matéria é a responsável por explicar um problema que incomoda muitas mulheres, os cabelos elétricos. Os fios são compostos por íons positivos e negativos, e quando há um desequilíbrio entre as cargas, ocorre um efeito de repulsão entre eles, que provoca o arrepiado. "A eletricidade estática ocorre com o acúmulo de elétrons no fio", afirma a hairstylist Neiva Paiva, da escola de cabeleireiros Pivot Point.

Os cabelos ressecados são os que mais sofrem com este tipo de dano. "A eletricidade nos fios existe por vários fatores. Um deles é a falta de queratina, perdida em decorrência de processos químicos aos quais o cabelo é submetido", explica a hairstylist Zê Araújo, do salão ZCoiffeur. Quando o cabelo está saudável e hidratado, a umidade facilita a circulação dos íons e desta forma os fios não ficam elétricos.

Cabelos hidratados e nutridos têm menos chances de sofrer com a eletricidade


Os cuidados começam na hora do banho. Dê preferência à água morna para lavar os cabelos, e evite a temperatura alta, que pode provocar o ressecamento. "Enxágue os cabelos sempre com água fria, deixando-a correr por dois minutos. Este truque ajuda a selar a cutícula do fio para evitar o frizz", ensina a hairstylist Nilcéia Rocha, do salão Nilcéia Rocha Coiffeur. Também é essencial optar por shampoos e condicionadores específicos para cada tipo de cabelo.

Para manter os cabelos sempre saudáveis e nutridos, aposte em máscaras de tratamento a serem usadas uma vez por semana em casa, ou em hidratações profundas realizadas no salão de beleza mensalmente. Após a lavagem, produtos sem enxágue, como leave-in ou óleo reparador, aplicados nos cabelos ainda úmidos, ajudam a manter sua hidratação. Já nos fios secos, a pomada é o cosmético ideal para controlar o aspecto arrepiado.

Pontas bem tratadas e utensílios adequados ajudam a domar o frizz


Manter as pontas dos cabelos bem cuidadas é mais uma maneira de prevenir os arrepiados, já que as pontas duplas são mais propensas ao frizz. Para tratar o problema, aposte em um sérum reparador, que regenera a estrutura do fio. Já para pentear, dê preferência a escovas com cerdas naturais, no formato raquete, ou a pentes de madeira. "Mas o segredo é não escovar os fios além do necessário", ensina a hairstylist Zê.

Antes de modelar as madeixas, é fundamental aplicar um protetor térmico, já que o calor excessivo também pode provocar eletricidade estática. Posicione o secador acima da cabeça, direcionando o ar, que deve estar na potência mais fraca, sempre de cima para baixo, e finalize com um jato frio. "Os secadores com íons amenizam o frizz porque ajudam a manter a eletricidade do cabelo em equilíbrio e reter água no fio", explica Neiva.
Temas relacionados
Cabelos danificados têm solução?

Descubra qual é o melhor shampoo para esse problema

últimas matérias

Ver mais