Beleza Extraordinária

As vantagens da limpeza de pele para cada tipo: mista, oleosa, seca, normal e madura

  • Limpeza de pele profunda pode ser feita em todos os tipos: seca, normal e madura. Confira os detalhes na matéria! (Foto: Instagram @ijeomakola)
  • Na pele seca, a limpeza de pele ajuda a minimizar rugas e linhas de expressão, além de hidratar a pele com argila vermelha (Foto: Shutterstock)
  •  Para quem já chegou aos 45 e aos 50 anos, a limpeza de pele pode melhorar o ressecamento e devolver a firmeza e o viço (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Limpeza de pele profunda pode ser feita em todos os tipos: seca, normal e madura. Confira os detalhes na matéria! (Foto: Instagram @ijeomakola)
  • Limpeza de pele profunda pode ser feita em todos os tipos: seca, normal e madura. Confira os detalhes na matéria! (Foto: Instagram @ijeomakola)
  • Na pele seca, a limpeza de pele ajuda a minimizar rugas e linhas de expressão, além de hidratar a pele com argila vermelha (Foto: Shutterstock)
  •  Para quem já chegou aos 45 e aos 50 anos, a limpeza de pele pode melhorar o ressecamento e devolver a firmeza e o viço (Foto: Shutterstock)

A limpeza de pele profunda vai muito além da higiene diária, onde usamos sabonete facial ou água micelar para limpar o rosto. Queridinha das donas de pele oleosa ou mista por remover cravos, espinhas e oleosidade excessiva, a técnica reserva outras vantagens para todos os tipos de pele: seca, sensível, pele madura e até as peles normais. 

Quer saber todos os benefícios da limpeza para o seu tipo de pele? Preparamos um guia logo abaixo. Confira!

Pele oleosa e pele mista: remoção de cravos e equilíbrio da oleosidade

Nas peles oleosa e mista (que só tem oleosidade na testa, no nariz e no queixo), todas as etapas da limpeza são importantes: higiene, esfoliação, extração, máscara facial e hidratação. Tudo isso para remover cravinhos, espinhas e controlar a oleosidade que costuma incomodar, e muito, as donas desse tipo de pele. 

Como deve ser a limpeza: A esfoliação ajuda a remover a camada grossinha de impurezas do rosto e desintoxicar os poros, enquanto a extração remove os cravos um a um, finalizando com uma máscara de argila verde para controlar a oleosidade.

Frequência: a técnica pode ser feita de 15 em 15 dias nas peles oleosas e 1 vez por mês nas peles mistas. 

Pele seca: limpeza de pele ajuda na hidratação

A pele seca não tem oleosidade em excesso e, por isso, não sofre com cravos e nem com espinhas, mas sente outros probleminhas: ressecamento, descamação e linhas finas mais aparentes, ao mesmo tempo em que acumula impurezas e restinhos de maquiagem que ficam presos nos poros. 

Se esse é o seu caso, saiba que a limpeza de pele profunda pode ajudar na hidratação do rosto e também a suavizar e prevenir rugas, além de diminuir os danos do estresse oxidativo - falamos dele aqui! 

Como deve ser a limpeza: na pele seca, a etapa de esfoliação deve ser com produtos sem álcool e pouco adstringentes, enquanto a etapa de extração não deve ser feita. Já a hidratação pode ser com máscaras faciais calmantes, como a de argila vermelha , e que ajudam na circulação da pele, como a argila vermelha. 

Frequência: a limpeza de pele nas peles secas podem ocorrer de 45 em 45 dias, para evitar o ressecamento excessivo. 

Pele normal: técnica ajuda a manter o rosto livre de manchas

A técnica também é positiva para as donas de pele normais! É que a ideia é garantir o bom aspecto da derme e prevenir cravinhos indesejados que possam aparecer no período menstrual ou por algum uso excessivo de maquiagem. A limpeza de pele também pode ajudar a prevenir manchas e minimizar linhas de expressão. 

Como deve ser a limpeza: a proposta é esfoliar a pele e fazer extração nos cravos que possam aparecer. Para manter a pele normal lisa e sem imperfeições, vale apostar em máscaras faciais para hidratar e aumentar o viço da pele, como as de argila preta , que têm carvão ativado. Aqui, ensinamos um passo a passo de como fazer a técnica nas peles normais. 

Frequência: a técnica pode ser feita 1 vez por mês ou a cada 45 dias. 

Pele madura: limpeza profunda ajuda a prevenir e a suavizar rugas

Para quem já chegou entre 45 e 50 anos, a limpeza de pele também pode - e deve! - ser feita para melhorar o ressecamento, devolver a firmeza e, claro, garantir o viço que é perdido mais rapidamente. Nessa idade, as manchas e as linhas de expressão também ficam mais aparentes, e fazer a limpeza regularmente vai ajudar a suavizar esses probleminhas. 

Como deve ser a limpeza: a ideia é usar produtos que não contenham álcool e que sejam leves ao mesmo tempo que sejam hidratantes, como um esfoliante mais cremoso, um creme anti-idade com ativos rejuvenescedores e uma máscara facial de argila vermelha, que ativa a renovação celular.

Frequência: a limpeza pode acontecer 1 vez por mês ou a cada 45 dias. Aqui, falamos um pouco mais sobre a limpeza de pele nas peles maduras! 

Redação: Beatriz Doblas

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais