Beleza Extraordinária

Anos 1960: editorial da Porter Magazine traz de volta o charme dos cabelos da década

  • Inspirado nos anos 1960, um editorial da revista Porter Magazine traz de volta os cabelos da década em inspirações completamente possíveis para o século XXI
  • O volume na parte de trás do topo da cabeça é a característica mais marcante da década e foi usado em todo o editorial
  • Usado com as madeixas soltas, esse volume traz apenas uma graça à mais ao visual do dia a dia
  • O rabo de cavalo baixo é a forma ideal de usar o volume traseiro em um penteado mantendo um ar mais despojado na produção
  • Deixar a parte frontal do cabelo bem baixa ou colocá-la para trás da orelha é uma forma de dar ainda mais destaque ao volume traseiro e reforçar o ar sixtie do penteado
Tela cheia
Previous Next
Inspirado nos anos 1960, um editorial da revista Porter Magazine traz de volta os cabelos da década em inspirações completamente possíveis para o século XXI
  • Inspirado nos anos 1960, um editorial da revista Porter Magazine traz de volta os cabelos da década em inspirações completamente possíveis para o século XXI
  • O volume na parte de trás do topo da cabeça é a característica mais marcante da década e foi usado em todo o editorial
  • Usado com as madeixas soltas, esse volume traz apenas uma graça à mais ao visual do dia a dia
  • O rabo de cavalo baixo é a forma ideal de usar o volume traseiro em um penteado mantendo um ar mais despojado na produção
  • Deixar a parte frontal do cabelo bem baixa ou colocá-la para trás da orelha é uma forma de dar ainda mais destaque ao volume traseiro e reforçar o ar sixtie do penteado

A revista Porter Magazine publicou em sua edição de outono 2014 um editorial cheio de saudosismo inspirado nos anos 1960. Nas fotos a modelo Bette Franke aparece com cabelos típicos dessa época mostrando que a moda que dominou os cabelos há 50 anos atrás ainda é superatual. Confira os penteados e dê um toque retrô à sua produção.

Volume localizado é a principal característica das madeixas dos anos 1960

A principal característica das mulheres dessa época é o volume estrategicamente localizado na parte traseira do topo da cabeça. Esse detalhe charmoso traz até hoje um ar mais elegante para os cabelos e ainda é amplamente usado por quem adora dar um charme extra às madeixas. No editorial a modelo usa os fios dessa forma em todas as fotos mostrando o quanto os cabelos dos anos 1960 são versáteis e atuais.

Solto ou preso: cabelo retrô também pode ser versátil

Esse volume localizado pode ser usado de várias formas se adequando a diferentes estilos e ocasiões. Para quem vai fazer o truque pela primeira vez a versão solta é a mais indicada e apenas modifica o formato dos fios inserindo uma informação a mais nessa parte de trás. A alternativa é uma boa ideia para os dias em que o cabelo acorda minguado e precisa ganhar uma vida.

O rabo de cavalo baixo mostrado no editorial perdeu o ar cotidiano ao ganhar esse volume sessentinha na parte de trás. Para não deixar os cabelos com jeito de ultrapassado, lembre-se de deixar propositalmente alguns fios bagunçados ao longo da cabeça e sinta-se livre para usar o estilo em looks diários ou festas noturnas.

Parte frontal bem colada à cabeça completa o look

Com os fios soltos ou presos, um detalhe que não varia nas fotos é a parte frontal da cabeça. Para deixar as madeixas no estilo anos 1960 é necessário que essa área esteja sempre bem colada ao couro cabeludo para que o contraste com o volume da parte de trás seja maior. A alternativa mais fácil e moderna de realizar essa manobra é colocar o cabelo da frente para trás da orelha, mas para quem quiser caprichar no efeito vale passar chapinha na franja para os fios se comportarem na lateral.

Temas relacionados
Água micelar:

como remover a maquiagem com o produto?