Beleza Extraordinária

Amor, ansiedade, tristeza, estresse... você sabe como os sentimentos podem afetar a aparência da pele? Descubra!

  • Estar apaixonada faz com que a pele fique mais luminosa: não é mito! (Foto: Pixelformula)
  • Um "rush" de adrenalina deixa a pele rosada e hidratada (Foto: Pixelformula)
  • O estresse deixa a pele ressecada e as olheiras mais marcadas (Foto: Pixelformula)
  • A tristeza também tira o viço do rosto e as lágrimas podem ressecar a pele (Foto: Pixelformula)
Tela cheia
Previous Next
Estar apaixonada faz com que a pele fique mais luminosa: não é mito! (Foto: Pixelformula)
  • Estar apaixonada faz com que a pele fique mais luminosa: não é mito! (Foto: Pixelformula)
  • Um "rush" de adrenalina deixa a pele rosada e hidratada (Foto: Pixelformula)
  • O estresse deixa a pele ressecada e as olheiras mais marcadas (Foto: Pixelformula)
  • A tristeza também tira o viço do rosto e as lágrimas podem ressecar a pele (Foto: Pixelformula)

Na busca por uma pele perfeita, as mulheres apostam os melhores cuidados, como uma limpeza regrada, bastante hidratação e até a proteção solar adequada. Algumas ainda se preocupam com a alimentação, para melhorar a luminosidade e evitar problemas como espinhas e oleosidade excessiva. No entanto, o que muitas não sabem é que o que acontece no interior do corpo também se reflete no exterior: sentimentos como ansiedade, adrenalina, estresse e até o amor se manifestam na aparência da pele. Para acabar com as dúvidas, o site Byrdie conversou com 3 especialistas: Neal Schultz, dermatologista e fundador da BeautyRx, Jennifer Linder, dermatologista e diretora científica da PCA Skin e S. Manjula Jegasothy, dermatologista e fundador do Miami Skin Institute. Descubra!

Amor: aumenta a luminosidade 

Quem nunca ouviu dizer que está mais bonita quando está apaixonada? O comentário não é da boca para fora: quando nos apaixonamos, o cérebro produz um hormônio chamado ocitocina, também conhecido como "hormônio do amor". Como os elevados níveis de ocitocina diminuem o risco de inflamação, a pele fica menos sensível e propensa a irritações, e consequentemente mais hidratada e luminosa. 

Ansiedade e estresse: causam ressecamento, olheiras e rugas

Já a ansiedade e o estresse não são tão benéficos para a beleza: eles provocam a produção de cortisol, hormônio que compromete o sistema imunológico e inflama as células. Além disso, ele também compromete a produção de colágeno e ainda diminui a hidratação, entregando uma aparência baça e ressecada à pele que, com o tempo, se traduz em rugas precoces. O aspecto escuro das olheiras também é causado pela reação do cortisol com o sangue: esse fica mais espesso, aparecendo mais por baixo da pele fina da região dos olhos.

Adrenalina: melhora hidratação e dá um aspecto rosado

Qualquer surto de adrenalina, seja ele causado por uma situação embaraçosa ou por receber uma boa notícia, sempre provoca um certo calor no rosto. As bochechas coradas são causadas por conta da dilatação dos vasos capilares, que é automática quando algo excitante acontece. Além disso, esse "calor" também pode soltar pequenas gotas de suor em todo o rosto, garantindo um aspecto hidratado e luminoso, como se tivesse acabado de fazer exercício físico.

Tristeza: deixa a pele com aspecto pálido e desidratado

Durante períodos de tristeza ou até depressão, a pele com certeza não é beneficiada. Ao contrário de quando acontece algo entusiasmante, quando se está triste os vasos sanguíneos contraem, conferindo um aspecto pálido ao rosto. Além disso, quem está passando por um momento difícil muitas vezes acaba ficando em casa, sem qualquer exposição solar, o que também deixa a pele ainda mais translúcida. Chorar também não ajuda: no momento, o rosto fica inchado, mas com o passar do tempo, o hábito de esfregar os olhos vai criando linhas finas na região; e as lágrimas, por serem salgadas, também podem desidratar a pele.  

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais