Beleza Extraordinária

A temperatura baixou? Veja como cuidar da pele no inverno

  • Potencialize os cuidados com a pele, mãos e lábios no inverno para evitar o aspecto ressecado
Tela cheia
Previous Next
Potencialize os cuidados com a pele, mãos e lábios no inverno para evitar o aspecto ressecado
  • Potencialize os cuidados com a pele, mãos e lábios no inverno para evitar o aspecto ressecado
  • Dicas para cuidar da pele no inverno por Luiza Gomes

Com a chegada do inverno, a pele pode sofrer com a mudança de temperatura. A pele fica ressecada e áspera, os lábios tendem a ficar rachados e podem aparecer descamações em alguns locais do corpo. Para reverter as agressões ocasionadas pelas temperaturas baixas, alguns cuidados são indispensável, como hidratar constantemente a pele e os lábios e regular a temperatura da água do banho.

Na hora do banho: água morna e sabonete de aloe vera

O ar frio e o vento seco são um dos fatores que acarretam o ressecamento da pele, e assim como o calor proporcionado pelas lareiras, os banhos quentes também podem contrubuir para o envelhecimento da cútis. A água quente retira a oleosidade natural que lubrifica a pele e a deixa mais propícia a ressecar. Por isso, não abuse dos sabonetes antibacterianos e substitua-os por um à base de aloe vera - a famosa babosa - que possui alta condição de hidratação.

Esfoliação em tempos gelados

A esfoliação é uma aliada na busca por uma pele lisinha na temporada do frio. Elimina as células mortas da camada superficial da pele e garante a renovação celular. O processo deve ser realizado principalmente antes da hidratação corporal, visto que a pele estará renovada e preparada para absorver os nutrientes do hidratante. Segundo a dermatologista Bianca Guaraldi, a frequência da esfoliação deve ser menor no inverno: "no verão, é possível realizá-la até duas vezes por semana, mas o inverno pede uma frequência menor para que a pele não perca sua barreira natural de proteção".

Os lábios também não ficam de fora desse cuidado. Nos dias secos e frios, por conta da baixa umidade do ar, eles perdem até dez vezes mais umidade do que qualquer outra região do corpo. Para potencializar o efeito dos hidratantes labiais, esfolie os lábios de quinze em quinze dias para deixar a superfície da boca lisinha e sem manchas. Para não correr o risco de ter descamação dos lábios, abuse das manteigas hidratantes para os lábios antes de dormir e reforce as aplicações durante o dia.

Hidratação para cada área do corpo

Quando se trata de hidratar a pele, lembra automaticamente das pernas, braços e rosto, mas esquecemos que as mãos também são áreas afetadas pela temporada mais fria do ano. De acordo com especialistas, cada região do corpo tem necessidades específicas que precisam ser atendidas com o produto certo.

Das peles normais às levemente ressecadas, a hidratação deve ser realizada pelo menos uma vez ao dia, sempre após o banho. Vale ficar atenta a quantidade de creme aplicado, para não deixar a pele oleosa. O ideal é uma quantidade que permita um deslizamento das mãos logo após a aplicação, sem que a pele fique escorregadia. Já as peles com maior tendência ao ressecamento precisam de mais hidratação.

No caso das mãos, é importante usar hidratantes específicos para a região, principalmente por conterem ativos que mantém a elasticidade da pele. Os produtos são feitos à base de substâncias umectantes ou emolientes e restabelecem a umidade natural da pele pois são preparados para agir especialmente nessa área do corpo e por conta disto possuem melhor resultado. Os que possuem ativos despigmentantes também auxiliarão na eliminação de manchas pela exposição ao sol.

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial