Beleza Extraordinária

A espinha na fase adulta é diferente da adolescência? Descubra e saiba quais os melhores cuidados com a pele para eliminar o problema

  • Descubra as diferenças entre as espinhas nas adolescentes e nas mulheres adultas (Foto: Shutterstock)
  • As acnes na fase adulta podem aparecer devido a maus hábitos de cuidados com a pele (Foto: Pixelformula)
  • A exposição solar sem proteção também pode agravar o surgimento de acnes na fase adulta (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Descubra as diferenças entre as espinhas nas adolescentes e nas mulheres adultas (Foto: Shutterstock)
  • Descubra as diferenças entre as espinhas nas adolescentes e nas mulheres adultas (Foto: Shutterstock)
  • As acnes na fase adulta podem aparecer devido a maus hábitos de cuidados com a pele (Foto: Pixelformula)
  • A exposição solar sem proteção também pode agravar o surgimento de acnes na fase adulta (Foto: Shutterstock)

Para quem já passou dos 25 anos e ainda sofre com acne no rosto, o motivo para que essas inflamações apareçam pode não ser o mesmo de quando se é adolescente. Enquanto na puberdade a causa principal é a oleosidade excessiva e descontrolada do corpo, nas mulheres adultas os motivos podem ser diversos: exposição solar sem proteção, alterações hormonais, alimentação errada, estresse e a limpeza inadequada da pele após usar maquiagem ou outros produtos de beleza. Confira as diferenças entre as espinhas e aprenda a tratar da melhor forma!

Acne adulta é mais comum nas bochechas, pescoço e no maxilar

Na adolescência, as espinhas e os cravos aparecem pelo rosto inteiro e principalmente na testa, no nariz e no queixo, que são áreas naturalmente mais oleosas, e na fase adulta, elas se concentram nas bochechas, no pescoço e no maxilar. Todas a acne surge através da oleosidade que acaba entupindo os poros, mas a diferença na fase adulta está nos hábitos de limpeza da pele, nas alterações hormonais decorrentes de medicamentos, estresse e até mesmo na má alimentação. 

Espinhas em mulheres adultas podem ser resultado de exposição solar sem proteção

Se você não usa protetor solar diariamente e ainda sofre com acnes no rosto e até mesmo nas costas, o motivo pode ser o sol. Você já ouviu falar em acne solar? Ela surge através de queimaduras de sol, que provocam um inchaço no orifício da pele por onde é eliminada a secreção sebácea. Com isso, o sebo fica "preso" ao poro e acaba inflamando, resultando nas espinhas. Além disso, por mais que não haja queimaduras, o sol aumenta a produção de sebo, deixando a pele mais oleosa e propensa à criação de comedões. 

Dica: Aposte em um filtro solar com toque limpo e bem sequinho para a área do rosto, que vai segurar a oleosidade e ao mesmo tempo proteger a pele dos danos do sol. 

Limpar a pele da maneira errada também provoca acne em pele adulta

Na adolescência, o uso de maquiagem e outros produtos para a pele não é tão frequente quando na idade adulta, e esse pode ser um dos fatores para o surgimento das espinhas. A aplicação desses produtos, em si, não provoca espinhas, mas o problema está na hora de retirar. Se não houver uma limpeza profunda, os resquícios dos cosméticos entopem os poros, formando as inflamações. Veja os itens necessários para limpar e cuidar da pele da forma adequada:

Sabonete: Ele precisa ser próprio para a face, porque a pele do rosto é mais sensível e precisa de um sabonete que limpe sem ressecar. 

Demaquilante ou água micelar: São itens básicos para remover toda a maquiagem ao fim do dia e deixar os poros limpos. O demaquilante retira a maquiagem e precisa ser enxaguado, enquanto a água micelar remove os cosméticos e deixa a pele hidratada e sequinha, sem precisar enxaguar em seguida.

Esfoliante ou máscara facial: Para deixar os poros bem limpos e livre de células mortas, vale investir em uma esfoliação ou aplicação de máscaras detox de duas a três vezes por semana.

Temas relacionados
Retoque de raiz:

Descubra qual é a sua cor de Magic Retouch!