Beleza Extraordinária

7 curiosidades sobre shampoo que você nunca imaginou

  • Veja 7 curiosidades sobre o shampoo
Tela cheia
Previous Next
Veja 7 curiosidades sobre o shampoo

Indispensável na rotina de beleza de qualquer mulher desde sempre, o shampoo é também um item essencial no dia a dia de todos os membros da família, e é a forma de limpeza mais eficaz para os fios. Hoje em dia, este produto já existe em versões bem diferentes além da tradicional - em barra, pó e spray - e continua sendo imprescindível em qualquer necessaire de higiene básica. Confira sete curiosidades sobre o produto desde o início da sua existência!

1. O primeiro shampoo foi criado na Índia, no século XVI

O primeiro shampoo a ser criado data dos anos 1500, e surgiu na Índia, feito do fruto de um arbust chamado de sapindus ou 'fruto do sabão'. Estas bagas eram fervidas juntamente com uvas-crispas secas e outras ervas, e o extrato desta mistura era conhecido por criar bastante espuma e deixar as madeixas bem suaves e brilhosas.

2. Originária da língua Híndi, a palavra 'shampoo' significa massagear

Se já se perguntou de onde surgiu a palavra shampoo, prepare-se para se surpreender. Shampoo vem do termo 'champo', da língua híndi, que significa, em português, massagear. Ao longo dos tempos, este termo começou a se associar exclusivamente às massagens do couro cabeludo e, mais tarde, ao produto usado para tal. 

3. Antes da invenção do shampoo, o sabão era o grande aliado para limpar os fios

Antes de o shampoo assim como o conhecemos ter sido criado, a única forma de higienizar os cabelos e o couro cabeludo era usar sabão, o mesmo que se usava para a limpeza do corpo e rosto. Na década de 1880, foi criada uma barra multi-usos, específica para a higiene de todas as superfícies, desde o balcão da cozinha aos dentes, passando pelos cabelos. 

4. Fórmula sem enxágue permite que astronautas também lavem seus fios

Já os astronautas, que vivem num ambiente alheio à força da gravidade, não têm a possibilidade de lavar os cabelos normalmente com água, pelo que se usam uma fórmula de shampoo específica sem enxágue, originalmente desenvolvida para pacientes de hospital que não podem tomar banho.

5. Até ao século XX, as pessoas lavavam os fios com muito menos frequência

Até ao século passado, a prática de lavar os fios com shampoo era considerada um luxo, possível apenas para que frequentava salões de beleza, e, por isso, a maioria das pessoas não sabia como o fazer. Foi por este motivo que em Maio de 1908 o jornal The New York Times publicou um artigo sobre como usar o produto, sublinhando que a frequência recomendada para o fazer seria de duas em duas semanas, mas que de quatro em quatro ou de seis em seis também era um período aceitável.

6. Os primeiros shampoos da Indonésia eram feitos de cinzas

Na Indonésia, os primeiros shampoos eram obtidos através da mistura de cinzas de palha e casca de arroz com água. Embora fizesse bastante espuma, esta fórmula deixava as mechas bem secas, pelo que, mais tarde, se criou o hábito de aplicar óleo de côco nos fios após a lavagem para os hidratar.

7. No Japão, foi criado um robô apto a higienizar os fios em salões

Curiosamente, em alguns salões do Japão são usados robôs que consegue lavar os cabelos dos clientes por si só. Esta tecnologia analisa o couro cabeludo e determina em que locais aplicar pressão, e massaja os fios com os seus oito dedos robóticos com resultados impecáveis.

Temas relacionados
Canal de L'Oréal Paris

10 vídeos para você assistir enquanto espera a hidratação