Beleza Extraordinária

6 sintomas de deficiência de vitamina D: descubra quais são e saiba como manter a pele saudável

  • Veja 6 dos principais sintomas da falta de vitamina D no sangue (Foto: Shutterstock)
  • Para manter os níveis de vitamina D, é essencial tomar sol com prudência e fazer uma alimentação saudável (Foto: Pixelformula)
  • A queda de cabelo e fatiga são alguns dos sintomas da deficiência de vitamina D (Foto: Pixelformula)
Tela cheia
Previous Next
Veja 6 dos principais sintomas da falta de vitamina D no sangue (Foto: Shutterstock)
  • Veja 6 dos principais sintomas da falta de vitamina D no sangue (Foto: Shutterstock)
  • Para manter os níveis de vitamina D, é essencial tomar sol com prudência e fazer uma alimentação saudável (Foto: Pixelformula)
  • A queda de cabelo e fatiga são alguns dos sintomas da deficiência de vitamina D (Foto: Pixelformula)

Se você se sente fatigada com frequência, tem indícios de depressão ou fica gripada o tempo todo, é possível que você esteja com deficiência de vitamina D - que embora seja mais comum em regiões em que a incidência solar é muito baixa, também se manifesta em algumas pessoas por aqui. Essa vitamina é fabricada naturalmente pelo corpo e é fundamental à beleza da pele e ao bom funcionamento do organismo, sendo produzida em maior quantidade quando nos expomos ao sol ou consumimos os alimentos certos. Saiba quais os principais sintomas e descubra o que fazer para melhorar o problema!

1. Fadiga e cansaço fora do comum são uns dos principais sinais da falta de vitamina D

A falta de vitamina D pode causar uma sensação de fadiga maior na execução de tarefas do dia a dia, especialmente em mulheres. Dores de cabeça e enxaquecas crônicas são muito comuns para quem tem uma quantidade muito baixa desta substância no sangue.

2. Falta de vitamina D também causa dor nos ossos e nas costas

O organismo necessita de uma quantidade específica de vitamina D para conseguir absorver e sintetizar o cálcio - fundamental para a saúde dos ossos. Sem essa quantidade, é comum sentir dores nas costas e nos ossos, assim como nas pernas e articulações - ou até, num estado mais avançado, levar à temida osteoporose. 

3. Sintomas de depressão podem estar ligados à falta da substância no sangue

Alguns estudos demonstram que a deficiência de vitamina D no sangue está diretamente ligada aos sintomas de uma depressão leve - especialmente a que se instala nos meses mais frios, chamada de depressão sazonal. 

4. Dificuldade de cicatrização é outro dos sintomas ligados ao problema

A produção saudável de vitamina D ajuda a criar uma barreira protetora ao redor da pele, e quando não é fabricada na quantidade adequada, a derme fica mais exposta à ação de microrganismos que causam infecções. Assim, a cicatrização de feridas ou espinhas acaba sendo mais lenta.

5. A queda de cabelo também pode estar associada à deficiência da vitamina D

Muitas vezes causada pelo estresse ou até mesmo por fricções do dia a dia, a queda de cabelo significativa pode estar associada a algo mais grave, como por exemplo, a falta de vitamina D. No entanto, não existe um consenso médico de que, em casos comuns - ao invés da apolepcia areata, doença inflamatória autoimune em que o cabelo cai em tufos - a falta de vitamina D possa causar o problema. 

6. Imunidade baixa também se relaciona com a quantidade de vitamina D produzida pelo organismo

Se você está sempre gripada, isso pode significar que a sua imunidade está baixa e, muitas vezes, a falta de vitamina D é a responsável por isso. O motivo é porque essa substância é responsável por combater infeçcões, principalmente as do sistema respiratório. Assim, com uma quantidade baixa da substância, compromete-se a atividade pulmonar, com problemas como gripe, asma e bronquite. 

O que fazer se você estiver com deficiência de vitamina D no sangue:

Em primeiro lugar, não basta se autodiagnosticar: é essencial procurar um médico e fazer análises ao sangue para confirmar se, de fato, é esse o problema que está causando os sintomas verificados. O tratamento de cada um deles é diferente, mas a falta de vitamina D deve ser resolvida através de suplementação, alimentação balanceada e até de um tempo de exposição solar por dia - você pode conferir nesta matéria qual a melhor forma de tomar sol diariamente sem comprometer a saúde da pele, sempre com a proteção adequada.

Temas relacionados
Cicatrização capilar:

o que é e por que apostar? Confira!