Beleza Extraordinária

6 mitos e verdades sobre a estria: descubra as causas mais comuns do problema e saiba como melhorar a aparência da pele

  • Você sabe tudo sobre estrias? Confira os mitos e verdades sobre o assunto e tire suas dúvidas! (Foto: Shutterstock)
  • Descubra a diferença entre as estrias avermelhadas e as esbranquiçadas e saiba como prevenir o surgimento do problema com a ajuda da hidratação adequada nos locais mais propensos (Foto: Shutterstock)
  • Será mesmo que apenas mulheres sofrem com as estrias? Fique por dentro do assunto e saiba o que é mito ou verdade sobre o tema (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Você sabe tudo sobre estrias? Confira os mitos e verdades sobre o assunto e tire suas dúvidas! (Foto: Shutterstock)
  • Você sabe tudo sobre estrias? Confira os mitos e verdades sobre o assunto e tire suas dúvidas! (Foto: Shutterstock)
  • Descubra a diferença entre as estrias avermelhadas e as esbranquiçadas e saiba como prevenir o surgimento do problema com a ajuda da hidratação adequada nos locais mais propensos (Foto: Shutterstock)
  • Será mesmo que apenas mulheres sofrem com as estrias? Fique por dentro do assunto e saiba o que é mito ou verdade sobre o tema (Foto: Shutterstock)

Ainda que a maioria das mulheres conheça as estrias bem de perto, é possível que, mesmo nos dias de hoje, algumas pequenas confusões sobre as reais causas do estiramento da derme sejam feitas e, assim, mitos ainda sejam divulgados como verdade absoluta a respeito do problema. Afinal de contas, existe alguma maneira de realmente melhorar a aparência da pele? Linhas brancas e vermelhas têm diferença? Responda essas perguntas a seguir e descubra seis coisas que talvez você ainda não saiba sobre as estrias.

1- Estrias clareiam com o sol? MITO!

Ao contrário do que se pensa, é possível que a exposição solar, em vez de ajudar, acabe piorando a aparência das estrias na pele - especialmente sem a proteção adequada. O motivo é porque o sol age destruindo o colágeno na derme, o que aumenta o aspecto de flacidez e, por consequência, agrava e alarga ainda mais a estria. Portanto, para evitar manchas, queimaduras e um quadro ainda pior, vale investir no protetor solar adequado e proteger as listrinhas durante a praia ou piscina.

2- Hidratar e massagear a região com estrias melhora a aparência da pele? VERDADE!

Ainda que se livrar de estrias já existentes seja uma tarefa para lá de difícil, é válido lembrar que as listras na pele, quando ainda vermelhas, podem ter o aspecto amenizado com a ajuda de hidratação intensa na região. Assim o segredo para prevenir e atenuar o problema é massagear a área com cremes hidratantes no ritual diário da manhã e da noite. No entanto, para casos mais graves, vale procurar tratamentos mais profundos e intensos que sejam divididos em sessões com o especialista, como o laser ou microagulhamento.

3- Homens não têm estrias? MITO!

Ainda que as mulheres sejam as que mais reclamam sobre o problema, as estrias podem, sim, aparecer em homens de todas as idades! A verdade é que não há diferença no processo interno da formação do problema em nenhum dos dois organismos, portanto, os cuidados valem para todos os gêneros.

4- Estrias podem aparecer em qualquer parte do corpo? VERDADE!

É mais comum que as estrias apareçam em lugares específicos como as coxas, quadris, pernas e até mesmo nos glúteos - e isso se explica porque essas regiões tendem a armazenar mais gordura corporal - no entanto, até mesmo o rosto não está livre de ter as listrinhas marcando a pele: na teoria, todas as áreas do corpo em que a pele for esticada estão sujeitas a serem visitadas pelas estrias.

5- Todas as mulheres têm estrias na gravidez? MITO!

Uma vez que as estrias surgem quando a pele é muito esticada, a gestação é sempre um período de risco para o aparecimento do problema. Ainda assim, vale lembrar que as chances de uma mulher grávida apresentar essas marquinhas pelo corpo depende, em certa medida, do seu ganho de peso durante a gestação e também de fatores genéticos.

6- Estrias brancas são mais "antigas" do que as vermelhas? VERDADE!

Quem sofre com o problema já reparou que nem todas as estrias são iguais e, na verdade, se diferenciam por cores: de um lado as estrias brancas e, de outro, as mais rosadas. Na prática, as estrias avermelhadas são mais "novas" e com mais fluxo de sangue por conta da tentativa do corpo de recuperar o colágeno perdido, enquanto as brancas e mais fininhas são mais antigas e, por consequência, menos inflamadas e mais suaves ao toque.

Temas relacionados
Skincare:

Como usar argila no rosto? Veja para que serve cada máscara facial

últimas matérias

Ver mais