Beleza Extraordinária

Técnica Dedoliss: aprenda o passo a passo para texturizar os cabelos cacheados com o dedos

  •  Quer mais definição nos cachos? Conheça a técnica do dedoliss e aprenda uma nova opção de finalização! Crédito: Instagram @markele.dejanae
Tela cheia
Previous Next
Quer mais definição nos cachos? Conheça a técnica do dedoliss e aprenda uma nova opção de finalização! Crédito: Instagram @markele.dejanae

As donas de cabelos cacheados e crespos que gostam de deixar os cachos bem definidos vivem em busca de finalizações diferentes para conquistar esse efeito. Além da clássica fitagem, um dos métodos mais conhecidos para arrumar os fios, as texturizações também estão entre as melhores opções para deixar as ondas perfeitas - e, uma das mais eficientes, é o dedoliss, que conta com os próprios dedos e um bom creme de pentear para garantir a definição perfeita. Confira mais detalhes!

Dedoliss é ideal para igualar diferentes texturas de cachos

Dentre as cacheadas e crespas, é muito comum acontecer de determinadas mechas apresentarem cachos diferentes das demais. Por exemplo: mesmo que a parte de trás do seu cabelo seja completamente definida, pode acontecer de, na frente, os fios destoarem e ficarem mais esticados e ressecados - principalmente, para quem acabou de passar pela transição capilar e ainda se encontra com as madeixas fragilizadas pelos anos de procedimentos químicos e uso frequente de chapinhas e secadores.

Quando isso acontece, nem sempre a clássica fitagem consegue dar conta de igualar as texturas; por isso, recorrer à uma texturização mais detalhada, como o dedoliss, é a melhor maneira de resolver o problema e conseguir criar um aspecto mais uniforme. Dependendo do visual que você desejar atingir, a técnica ainda pode ser associada a outros métodos e só ser feita nas áreas sem muita definição - o que reduzirá o tempo da finalização consideravelmente. 

Técnica garante mais dias de 'day after'

Além de igualar as texturas e garantir uma definição maior, outra vantagem do dedoliss é deixar a finalização impecável por mais tempo. Para quem tem uma rotina corrida e não tem tempo de lavar as madeixas várias vezes durante a semana, o procedimento é a escolha ideal por permitir que os cachos fiquem intactos por mais dias sem que seja preciso recorrer à uma revitalização mais detalhada, enquanto também pode ser um verdadeiro aliado para devolver à forma às mechas que foram finalizadas com uma outra técnica e ficaram indefinidas com o passar do tempo. 

Mas, apesar de todos esses benefícios, quem não tem paciência de gastar horas finalizando o cabelo ou não dispensa o aspecto volumoso pode não se adaptar muito à essa técnica de texturização por ela ser mais demorada - podendo durar até mais de 1h se for feita em todas as mechas do cabelo - e por reduzir consideravelmente o volume. 

Texturização dedoliss não é a mais indicada para a transição capilar

Apesar de ajudar a segurar os cachos, a técnica do dedoliss não é um dos procedimentos mais eficazes para aquelas que ainda estão passando pela transição capilar - a não ser que os fios naturais já estejam maiores que a parte processada pela química. Por causa da ponta lisa e mais rala, esse método de texturização dará ainda mais trabalho para segurar o formato anelado e, provavelmente, não durará durante muito tempo nas madeixas. Por isso, para igualar as duas texturas com sucesso sem precisar recorrer à fontes de calor, experimente outros procedimentos - como o bigudins, twists ou os tradicionais bobes, por exemplo. 

Aprenda a texturizar o cabelo com dedoliss:

1 - Divida o cabelo em seções e prenda cada uma delas com o auxílio de grampos; 

2 - Começando da parte próxima à nuca, solte uma das seções e aplique um creme consistente. Depois, separe uma mecha bem fininha e enrole-a da raiz até às pontas no seu próprio dedo; 

3 - Segure a mecha presa no dedo por alguns segundos; 

4 - Solte-a com bastante cuidado para não correr o risco de desmanchar o cacho que acabou de ser formado

5 - Faça esse mesmo procedimento em todas as demais seções do cabelo ou apenas nas partes que achar necessário; 

6 - Deixe o cabelo secar naturalmente ou acelere o processo com a ajuda do difusor; 

7 - No final, se desejar um visual mais natural, você também pode separar um pouco as mechas com um pouco de óleo finalizador nas mãos. 

vídeos Recomendados
Aprenda como ter cachos definidos e naturais com o babyliss!
  1. Pontas duplas e ressecadas: 4 cuidados e tratamentos para fazer em casa e em poucos minutinhos
    Pontas duplas e ressecadas: 4 cuidados e...
  2. Como fazer um coque abacaxi com fita em segundos: veja o truque no GIF e aprenda a fazer o penteado em casa!
    Como fazer um coque abacaxi com fita em...
  3. Cabelo branco antes dos 30: saiba como cuidar dos primeiros fios grisalhos
    Cabelo branco antes dos 30: saiba como cuidar...
  4. Como usar leave-in nos cabelos? Descubra 5 formas diferentes de usar o produto nos fios!
    Como usar leave-in nos cabelos? Descubra 5...
    Como usar leave-in nos cabelos? Descubra 5 formas diferentes de usar o produto nos fios!

    Você conhece todas as formas de usar o leave-in?...

    Leia mais
  5. Cabelo branco: como fazer hidratação para dar brilho e maciez aos fios grisalhos
    Cabelo branco: como fazer hidratação para dar...
  6. Peeling capilar: descubra o que é, para que serve e aprenda o passo a passo para fazer em casa
    Peeling capilar: descubra o que é, para que...

Ver mais

Vídeos
Vídeo ensina a criar rabo de cavalo alongado com passo a passo simples

Ver mais

Temas relacionados
Água micelar:

5 Mitos e verdades sobre o produto para limpeza da pele

últimas matérias

Ver mais