Beleza Extraordinária

Qual a diferença entre a água micelar bifásica e a comum? Entenda como funcionam os produtos para a limpeza facial

  • A água micelar comum é perfeita para limpar a pele no dia a dia (Foto: Shutterstock)
  • Por contar com emolientes em sua fórmula, a água micelar bifásica é a ideal para remover a maquiagem mais pesada (Foto: L'Oréal Paris)
  • Confira a matéria para entender a diferença entre a água micelar comum e a versão bifásica (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
A água micelar comum é perfeita para limpar a pele no dia a dia (Foto: Shutterstock)
  • A água micelar comum é perfeita para limpar a pele no dia a dia (Foto: Shutterstock)
  • Por contar com emolientes em sua fórmula, a água micelar bifásica é a ideal para remover a maquiagem mais pesada (Foto: L'Oréal Paris)
  • Confira a matéria para entender a diferença entre a água micelar comum e a versão bifásica (Foto: Shutterstock)

A água micelar é um dos produtos que revolucionou a rotina de beleza. Por unir vários passos em um só, ela virou indispensável na nécessaire de toda mulher que ama praticidade na hora de cuidar da pele. E, agora, além da versão conhecida que todo mundo já ama, a novidade da vez é a água micelar bifásica, que promete ser diferente dos demaquilantes bifásicos tradicionais por causa de sua fórmula não-oleosa.

Mas, afinal, qual é a diferença entre as duas opções do produto? Uma substitui a outra ou devem se completar? Confira a matéria para descobrir! 

Água micelar regular é ideal para limpar a pele e remover maquiagens mais leves 

Por agilizar a rotina de beleza e limpar profundamente a pele sem agredir, a água micelar tradicional logo virou queridinha. Graças à ação das micelas, ela consegue atrair as impurezas do rosto como se fosse um ímã, além de demaquilar, purificar, suavizar e ainda reequilibrar a derme. E como tem uma fórmula não-oleosa, ela ganha ainda mais o coração das brasileiras, removendo as impurezas sem piorar a temida oleosidade que é tão comum nos países mais quentes como o nosso.

Com a chegada da versão bifásica, o tratamento promete ficar ainda mais completo, mas isso não significa que a micelar comum tenha perdido sua utilidade. Ela ainda é o produto ideal para limpar a pele pela manhã - e já começar o dia com o rosto sequinho, hidratado e livre de oleosidade - e para retirar as impurezas que ficaram acumuladas antes de dormir. Além disso, como também funciona como demaquilante, continua como uma boa opção para remover a maquiagem mais levinha no final do dia. 

Versão bifásica limpa maquiagens pesadas de maneira mais rápida 

Então, se a água micelar tradicional continua valendo, por que também apostar na bifásica? É que, por contar com emolientes em uma das duas fases de sua fórmula, ela tem a capacidade de remover maquiagens mais pesadas com facilidade - como a pele com base mais carregada, máscara de cílios à prova d'água e batom matte, por exemplo. E o melhor: ela remove até 97% da maquiagem com apenas 1 algodão, dá pra acreditar? 

Tem a mesma função já conhecida dos produtos bifásicos comuns, mas seu maior diferencial é a fórmula não-oleosa - que não aumenta a produção de sebo de quem já tem essa característica e deixa uma sensação refrescante em vez do desagradável efeito pegajoso no rosto.

Assim como a água micelar já conhecida, ela é aplicada e, logo depois de alguns segundos, deixa o rosto sequinho, sem necessidade de enxágue. Mas, em relação ao modo de uso, tem um detalhe diferente: para misturar nas duas fases, a embalagem deve ser sacudida antes do líquido ser depositado no algodão; depois, é só passar na pele sem esfregar para tirar toda a maquiagem e ficar com o rosto limpinho. 

Redação: Nívia Passos

Temas relacionados
Cicatri Renov de Elseve

Conheça o leave-in de tratamento queridinho da Grazi