Beleza Extraordinária

Produto extraordinário: óleo capilar hidrata, nutre e protege os cabelos de agressões externas

  • O óleo capilar  faz a hidratação, nutrição e reparação da camada externa e da estrutura do fio a partir de seus princípios ativos como vitaminas A, D e E e minerais
Tela cheia
Previous Next
O óleo capilar faz a hidratação, nutrição e reparação da camada externa e da estrutura do fio a partir de seus princípios ativos como vitaminas A, D e E e minerais

O óleo capilar deixou de ser o vilão dos fios pesados e oleosos e passou a ser um importante aliado para cuidar dos cabelos. A capacidade de hidratar e tratar os fios com pequena quantidade faz do óleo um dos melhores tratamentos do mercado.

O produto faz a hidratação, nutrição e reparação da camada externa e da estrutura do fio a partir de seus princípios ativos como vitaminas A, D e E, minerais, ômegas, entre outros. Além disso, desempenha ação protetora contra as agressões sofridas pelo vento, secador, escovação intensa e até pela radiação solar.

Óleos naturais e sintéticos ajudam no tratamento dos fios

Existem óleos de composição natural, extraído de frutos e plantas e os de formulação sintética, como os finalizadores à base de silicone. O Mestre em fármaco e cosmetologia Rogerio Kreidel explica que a diferença entre eles, além da origem, está na concentração de substâncias: "cada tipo de óleo tem a o seu grau de oleosidade. Assim, existem diferentes produtos para diferentes tipos de cabelos. Os naturais possuem uma quantidade maior de substâncias, às vezes chegando a centenas. Nessa diversidade de substâncias encontram-se taninos, flavonóides, terpenos e várias outras, com assim várias ações no cabelo, como de antioxidante e melhora da circulação local".

Aplique nas pontas e continue a tratar com shampoo e condicionador

O óleo é indicado para os fios mais grossos e pesados e devem ser aplicados apenas nas pontas. Em fios curtos o ideal é aplicar até cinco gotas e nos mais longos, no máximo dez. Rogério Kreidel alerta que o produto deve ser usado como parte dos cuidados capilares e não se deve excluir o shampoo e o condicionador do tratamento. Também não é indicado aplicar o produto e logo depois usar a chapinha, porque pode queimar os fios e causar queda.

Temas relacionados
Cabelos renovados

Saiba como usar leave-in nos fios