Beleza Extraordinária

Posso usar o mesmo produto no corpo e no rosto? Dermatologista explica riscos de não usar os cosméticos certos para cada área do corpo

  • Quer saber por que investir em produtos específicos para o rosto e corpo? Veja os motivos na matéria (Foto: Shutterstock)
  • A pele do rosto tem necessidades específicas por causa das glândulas sebáceas e dos pelos, por isso, produtos com fórmulas mais leves são mais recomendadas (Foto: Shutterstock)
  • A pele do corpo costuma ser levemente mais ressecada do que a dor rosto e, por isso, os cremes corporais têm fórmulas mais hidratantes (Foto: Shutterstock)
Tela cheia
Previous Next
Quer saber por que investir em produtos específicos para o rosto e corpo? Veja os motivos na matéria (Foto: Shutterstock)
  • Quer saber por que investir em produtos específicos para o rosto e corpo? Veja os motivos na matéria (Foto: Shutterstock)
  • A pele do rosto tem necessidades específicas por causa das glândulas sebáceas e dos pelos, por isso, produtos com fórmulas mais leves são mais recomendadas (Foto: Shutterstock)
  • A pele do corpo costuma ser levemente mais ressecada do que a dor rosto e, por isso, os cremes corporais têm fórmulas mais hidratantes (Foto: Shutterstock)

Usar um hidratante ou desodorante corporal no rosto - ou um único protetor solar em todas as áreas do corpo, por exemplo - pode até parecer inofensivo, mas não se engane: o hábito está bem longe de ser o ideal na busca por uma pele perfeita. É que, de acordo com a dermatologista Mariana Marteleto, usar o mesmo produto em regiões diferentes, sem considerar suas características particulares e necessidades, pode provocar o descontrole na oleosidade do rosto e até mesmo a inflamação e infecção da base dos pelos. Saiba mais sobre os riscos que esse hábito pode oferecer e responda suas principais dúvidas com a ajuda da especialista.

Por que não se deve usar um creme de corpo no rosto e vice-versa?

Ainda que a pele do seu rosto seja considerada mista, oleosa ou seca, é importante lembrar que isso não significa que outras áreas como braços, pernas e tronco tenham a mesma definição. "As características da pele do rosto são diferentes das da pele do corpo. Por exemplo, há uma tendência ao rosto de apresentar mais glândulas sebáceas e folículos pilosos (pelos) do que o corpo", explica Mariana.

O que isso significa: a médica explica que, na prática, a presença de mais glândulas sebáceas e folículos pilosos são os fatores que tornam o rosto mais oleoso do que as outras áreas do corpo. "Isso acontece porque, no rosto, o sebo (que é a secreção que protege e torna a pele oleosa) é eliminado pela glândula sebácea através da abertura dos folículos pilosos", detalha.

Quais riscos esse hábito pode oferecer para a pele do rosto?

Por mais inocente que pareça, aplicar um creme hidratante ou desodorante de corpo no rosto, por exemplo, pode, sim, causar problemas bem desagradáveis na aparência e no funcionamento das glândulas em questão. Segundo a dermatologista Mariana, isso acontece porque a consistência de produtos corporais tende a ser mais hidratante do que as fórmulas próprias para o rosto - que costumam ser mais leves, em gel creme e sérum, por exemplo.

Assim, ao criar o hábito de usar cosméticos mais pesados na face, o risco imediato é provocar em qualquer tipo de pele o surgimento de cravos e espinhas recorrentes, além de levar à obstrução dos poros e a quadros de foliculite - que é a inflamação e infecção na região do pelo. 

Outras vantagens de usar um creme facial específico: "Vale lembrar, que algumas peles do rosto são extremamente secas e necessitam de hidratantes em creme mesmo! Mas as vantagens de se usar um hidratante desse tipo que tenha sido feito especialmente para o rosto é poder contar com outros agentes que oferecem rejuvenescimento e ação clareadora em sua composição", lembra Mariana. 

Um único creme de rosto atende à todas as necessidades da face?

Você já reparou como cada parte do rosto se comporta de uma maneira ao longo dia? É normal nas peles mistas, por exemplo, que regiões como o nariz e testa fiquem com aparência mais oleosa, enquanto as outras partes se mantenham mais sequinhas com o passar do tempo. "Para esses casos, existem sabonetes e tônicos específicos. Além disso, uma boa orientação de uso de produtos para a face que equilibrem este aspecto é necessária. O dermatologista saberá indicar um tratamento que, feito da forma correta, não deixe nem as áreas oleosas mais intensas e nem as secas, mais secas", finaliza.

vídeos Recomendados
Aprenda como ter cachos definidos e naturais com o babyliss!
  1. Como descobrir o subtom da pele? Confira 3 truques para saber se sua pele é quente ou fria
    Como descobrir o subtom da pele? Confira 3...
    Como descobrir o subtom da pele? Confira 3 truques para saber se sua pele é quente ou fria

    Você sabia que descobrir o tom da sua pele pode...

    Leia mais
  2. Teste: qual é o seu tipo de olheira? Descubra e saiba como cuidar de cada uma
    Teste: qual é o seu tipo de olheira? Descubra e...
    Teste: qual é o seu tipo de olheira? Descubra e saiba como cuidar de cada uma

    Olheiras são verdadeiros desconfortos para a...

    Leia mais
  3. Acne depois dos 20 anos: descubra as causas mais comuns para o aparecimento de cravos e espinhas na fase adulta!
    Acne depois dos 20 anos: descubra as causas...
  4. 10 dúvidas sobre espinhas respondidas! Saiba tudo sobre a acne e aprenda a lidar com o problema
    10 dúvidas sobre espinhas respondidas! Saiba...
  5. 5 coisas que você precisa pensar antes de mudar a cor ou o corte de cabelo
    5 coisas que você precisa pensar antes de mudar...
    5 coisas que você precisa pensar antes de mudar a cor ou o corte de cabelo

    Já reparou como tentar um novo corte de cabelo...

    Leia mais
  6. Argila verde para a pele: saiba como usar a substância para controlar a oleosidade do rosto
    Argila verde para a pele: saiba como usar a...

Ver mais

Temas relacionados
Beleza Express:

7 cuidados com a pele e o cabelo para fazer em minutos

últimas matérias

Ver mais