Beleza Extraordinária

Manchas de sol no rosto: você sabe identificá-las?

  • Manchas de melasma,  fitofotodermatite, entre outras causadas pelo sol: descubra a aparência e o tratamento de cada uma delas
Tela cheia
Manchas de melasma, fitofotodermatite, entre outras causadas pelo sol: descubra a aparência e o tratamento de cada uma delas

As manchas de sol no rosto, como melasma e fitofotodermatite, são umas das principais causadoras do envelhecimento precoce da pele. Basta o verão estar pertinho para que as mulheres comecem a se preocupar com elas, apesar de o filtro solar ser indispensável em qualquer estação do ano. O problema é desencadeado através de um processo inflamatório que altera a produção de melanina, mas você sabe como identificá-las e saber se a causa é realmente a radiação solar? A dermatologista Luciana de Abreu explicou as características, como cor, forma e o momento em que surge cada mancha. Entenda!

Aspecto do melasma é marrom acastanhado e surge em várias partes do rosto

O sol moderado faz bem à saúde, mas nunca sem proteção solar. O melasma é o tipo de mancha mais temida entre as mulheres que ficaram expostas à radiação solar durante muito tempo sem se proteger de modo adequado. De acordo com a dermatologista Luciana de Abreu, são pequenas manchinhas marrom acastanhadas que aparecem em várias áreas do rosto, como bochechas, nariz, testa e queixo - que costumam ficar mais expostas. "Também pode ocorrer em outras áreas do corpo expostas ao sol como colo, braços e antebraços. Quando acomete estas outras áreas, possui características semelhantes: manchas marrom claro ou escuro até marrom acinzentado, de contornos irregulares, bilateralmente simétricas", explicou a dermatologista, apontando que o melasma pode aparecer em qualquer tipo ou tom de pele, porém, predominantemente nas peles mais morenas.

Fitofotodermatite começa com queimadura e torna-se esbranquiçada

 

Quem nunca ouviu dizer que não se pode mexer em limão ou laranja no sol? O cuidado é verdadeiro, já que o contato com o ácido cítrico dessas frutas, unido à exposição dos raios solares, podem ocasionar as manchas na pele. "Comumente,  as manchas avermelhadas surgem nas primeiras 24 horas após o contato e podem até surgir bolhas, dependendo do caso e se foi agravado por exposição solar. A aparência das lesões lembram inicialmente uma queimadura, mancha avermelhada de formato irregular associada à ardência ou coceira no local do contato com a substância irritativa", explicou a dermatologista Luciana de Abreu. Após alguns dias ou semanas, as manchas de fitofotodermatite podem regredir ou mudar de cor, tornando-se esbranquiçadas, ou até mesmo em alguns casos, marrons ou escurecidas.  

Manchas senis lembram pequenas sardas marrons pelo corpo

As manchas senis são as que mais indicam que a pele está envelhecendo e traduz o histórico de exposição solar ao longo da vida, mas de acordo com a dermatologista, não existe uma idade certa para começarem a surgir. "Sabemos que os tons de pele mais claros e pessoas que se expuseram ou se expõe intensamente ao sol tem propensão a desenvolverem as melanoses solares mais cedo. Como o dano solar à pele se dá de maneira acumulativa, as manchas senis costumam aparecer em indivíduos mais idosos. Daí, a denominação 'mancha senil'", explicou. Geralmente, elas têm formato arredondado, de coloração marrom a enegrecidas, de tamanhos variados, algumas vezes lembrando 'sardas', só que maiores. "Podem também, com o passar dos anos, tornarem-se mais espessas com superfície áspera e descamativa, e são localizadas em áreas expostas ao sol, como rosto, colo, braços, pernas e costas", alertou a profissional. 

Tratamentos diferem de um tipo de mancha para outro

Apesar de cada tipo de mancha pedir um tratamento diferente, a prevenção é a mesma e unânime entre os profissionais: filtro solar, todos os dias, até mesmo em dias nublados e ambientes fechados - já que a iluminação artificial também incide raios ultravioletas. Para clarear o melasma, por exemplo, a dermatologista explica que usa-se ácidos, como o glicólico e retinóico para clarear, além de peelings. "Os peelings combinados são excelentes agentes terapêuticos que promovem clareamento do melasma com poucas sessões. Porém, como o melasma tem períodos de recidiva e de remissão, deve-se fazer acompanhamento dermatológico para adequar os produtos para cada fase do ano", explicou a especialista.

Já as manchas avermelhadas de fitofotodermatite devem ser acompanhadas prontamente por um dermatologista, que saberá tratar da melhor maneira durante a fase aguda, que é a bolha. "Podem ser usados anti-inflamatórios e clareadores, sendo fundamental a proteção contra a radiação ultravioleta através do uso constante de filtro solar no local da lesão de pele. Além disso, deve ser evitado contato direto com substâncias irritantes", explicou a Dra. Luciana de Abreu.

Já em relação as manchas senis, a dermatologista afirma que o tratamento é somente estético, pois são lesões benignas. Por isso, a dica é investir em lasers, luz intensa pulsada, criocirurgia, cauterização química ou elétrica, além de peelings químicos para suavizar ou eliminar as manchas senis.

vídeos Recomendados
Descubra se o protetor solar pode proteger a pele contra os danos do sol
  1. Preciso reaplicar o protetor solar facial no escritório? Entenda a importância do hábito!
    Preciso reaplicar o protetor solar facial no...
  2. Cuidados com a pele do rosto na correria: saiba como a pressa pode estar sabotando a sua beleza
    Cuidados com a pele do rosto na correria: saiba...
  3. Quais as diferenças entre creme anti-idade diurno e noturno? Descubra!
    Quais as diferenças entre creme anti-idade...
    Quais as diferenças entre creme anti-idade diurno e noturno? Descubra!

    Os cremes anti-idade são os queridinhos de quem...

    Leia mais
  4. Atividade física melhora a flacidez e elimina acne e espinha: confira 5 benefícios dos exercícios para a pele
    Atividade física melhora a flacidez e elimina...
  5. 8 dicas para ficar linda sem usar maquiagem: confira truques para realçar a beleza natural da pele
    8 dicas para ficar linda sem usar maquiagem:...
  6. Posso usar creme antirrugas no verão? Descubra!
    Posso usar creme antirrugas no verão? Descubra!
    Posso usar creme antirrugas no verão? Descubra!

    Para combater os sinais de envelhecimento da pele,...

    Leia mais

Ver mais

Vídeos
Vídeo ensina a criar rabo de cavalo alongado com passo a passo simples

Ver mais

Temas relacionados
Corte long bob

4 formas de variar o cabelo médio!