Beleza Extraordinária

Como preparar o cabelo antes de fazer luzes? Descubra!

  • Saiba como preparar o cabelo para fazer luzes sem risco de danos! (Foto: Instagram @karicassandra)
  • Para que o cabelo passe pela descoloração sem sofrer grandes danos, é muito importante investir na reconstrução (Foto: Instagram @brittsully)
  • Além dos tratamentos, também é importante fazer os testes de toque e mecha antes das luzes (Foto: Instagram @delphimichanu)
Tela cheia
Previous Next
Saiba como preparar o cabelo para fazer luzes sem risco de danos! (Foto: Instagram @karicassandra)
  • Saiba como preparar o cabelo para fazer luzes sem risco de danos! (Foto: Instagram @karicassandra)
  • Para que o cabelo passe pela descoloração sem sofrer grandes danos, é muito importante investir na reconstrução (Foto: Instagram @brittsully)
  • Além dos tratamentos, também é importante fazer os testes de toque e mecha antes das luzes (Foto: Instagram @delphimichanu)

Apostar em luzes é a opção perfeita para quem quer dar uma iluminada nos cabelos sem mudar de vez a cor. Mas, antes de fazer a transformação, o ideal é "preparar" os fios para receber a química e evitar que a fibra capilar seja danificada e - claro! - para que o look fique do jeitinho que você deseja. Está pensando em apostar nesse visual? Saiba o que fazer para preparar o cabelo antes das luzes!

1 -  Use um shampoo de limpeza profunda antes de começar os tratamentos

Para que o cabelo continue bonito e saudável depois das luzes, é muito importante começar os cuidados alguns dias - ou meses - antes da transformação. Um deles é o uso de um shampoo de limpeza profunda para garantir que não fique nenhum resíduo de produtos anteriores nos fios - e, também, para facilitar a absorção dos nutrientes que a hidratação, nutrição e reconstrução vão entregar. 

Mas, atenção: como esse tipo de shampoo abre bastante as cutículas do cabelo, deixe para usá-lo apenas antes de começar os tratamentos de hidratação, e não na semana em que irá fazer as luzes. 

2 - Reconstrução é indispensável para fortalecer a fibra capilar. Invista no procedimento!

Um dos tratamentos mais importantes para quem vai passar por qualquer procedimento químico é a reconstrução. O motivo? É que, através dela, a fibra capilar repõe as proteínas que precisa para ficar fortalecida e enfrentar a descoloração sem grandes danos. 

Em geral, essa etapa deve ser feita de 15 em 15 dias para que o cabelo não acabe sobrecarregado, e sempre com máscaras de tratamento que sejam ricas em proteínas - como queratina e ceramidas, por exemplo. Para saber mais detalhes, é só conferir essa matéria aqui

3 - Hidratação e nutrição também devem fazer parte da preparação

Embora a reconstrução seja a etapa mais importante para quem vai fazer luzes, ela não é a única: para que o cabelo esteja realmente preparado para o procedimento, também é preciso investir em hidratação e nutrição!

A primeira, além de ser a porta de entrada para todos os tratamentos, é responsável por repor a água da fibra capilar; já a segunda impede o ressecamento por devolver a oleosidade natural do cabelo e criar uma barreira lipídica que sela a cutícula. 

4 - Não deixe de fazer os testes de toque e mecha

Fez todos os tratamentos e sente que o cabelo está preparado para o processo? Ótimo! Mas, ainda assim, não dá para deixar de fazer os testes de mecha e toque para ter certeza de que os fios vão aguentar a descoloração e que você não vai ter reações alérgicas a nenhum componente químico. Veja como fazer cada um deles: 

Teste de mecha: Escolha uma mecha próxima à nuca e aplique o produto; deixe agir pelo período indicado pelo fabricante e enxágue bem. Se observar que o cabelo teve qualquer mudança de textura ou queda, é melhor intensificar os tratamentos antes de arriscar a mudança de look; mas, se não observar nada de diferente, já pode fazer a descoloração sem medo. 

Teste de toque: Esse deve ser feito 48 horas antes das luzes. Com a ajuda de um cotonete, aplique um pouco do produto atrás da orelha e fique sem lavar, cobrir ou tocar o local para ver como a pele irá reagir; se, no fim desse tempo, não tiver nenhum inchaço ou vermelhidão, pode seguir com a mudança de visual!

Redação: Nívia Passos

Temas relacionados
Cicatri Renov de Elseve

Conheça o leave-in de tratamento queridinho da Grazi

últimas matérias

Ver mais