Beleza Extraordinária

Cabelo rosa: a carioca Larissa Aymes conta tudo sobre os cuidados caseiros com o cabelo colorido

  • A carioca Larissa Aymes adora mudar a cor dos cabelos. O rosa vibrante é o seu escolhido do momento (Foto: Rachel Barros)
  • Os cabelos coloridos de Larissa Aymes também transformaram o seu estilo de roupa e maquiagem (Foto: Rachel Barros)
  • Para conseguir o tom vibrante, Larissa Aymes aposta na descoloração combinada com o uso do tonalizante (Foto: Rachel Barros)
Tela cheia
Previous Next
A carioca Larissa Aymes adora mudar a cor dos cabelos. O rosa vibrante é o seu escolhido do momento (Foto: Rachel Barros)
  • A carioca Larissa Aymes adora mudar a cor dos cabelos. O rosa vibrante é o seu escolhido do momento (Foto: Rachel Barros)
  • Os cabelos coloridos de Larissa Aymes também transformaram o seu estilo de roupa e maquiagem (Foto: Rachel Barros)
  • Para conseguir o tom vibrante, Larissa Aymes aposta na descoloração combinada com o uso do tonalizante (Foto: Rachel Barros)

“Quem pinta o cabelo de colorido uma vez, nunca mais consegue voltar”. Essa é a frase que marca a trajetória capilar da Larissa Aymes, uma artista plástica do Rio de Janeiro que exibe cabelos cacheados e em um tom de rosa vibrante - daqueles que não dá pra não olhar.

Mas a gente sabe que chegar ao tom fantasia dos sonhos nem sempre é uma missão fácil, né? A Larissa contou pro Beleza Extraordinário como faz para manter os cachinhos saudáveis e a cor sempre tão viva. Ficou curiosa? Confira a entrevista completa:

Você sempre gostou de colorir o cabelo?

  • O corte com franja também se tornou um dos preferidos da Larissa Aymes (Foto: Rachel Barros)
Tela cheia
Previous Next
O corte com franja também se tornou um dos preferidos da Larissa Aymes (Foto: Rachel Barros)

LA: Na primeira vez que eu pintei o cabelo tinha uns 18 anos e fiquei cerca de 8 anos ruiva. Aí pensei: ‘quero mudar radicalmente’. Coloquei o roxo como um teste e eu achei que superfuncionou, fiquei 1 ano mais ou menos com a cor.

“Dizem que quando você pinta o cabelo de colorido uma vez, nunca mais consegue voltar né?"

Depois de um tempo, já estava enjoada do roxo, mas também não queria voltar pro ruivo… Foi aí que eu decidi tentar uma coloração em tom de pêssego e agora estou com o rosa.

Você faz sua coloração em casa ou no salão?

LA: Até o cabelo roxo, eu cuidava dos meus cabelos no salão, mas quando comecei a pintar de pêssego, resolvi tentar manter a coloração em casa.

“Pela correria da vida, do dia a dia, não tem como estar sempre no salão, então precisei começar a me virar em casa mesmo.”

Com isso fui conhecendo os tonalizantes. Eu sempre tento mudar um pouquinho o tom: às vezes coloco só laranja, as vezes misturo com o rosa. Dessa vez eu resolvi tentar esse tonalizante mais rosinha e ficou esse magenta. Foi um erro que superfuncionou!

E como você mantém a cor do cabelo rosa?

LA: Ele desbota muito rápido! Eu tento lavar pelo menos um dia sim, um dia não. Não uso shampoo com sal e evito lavar com água quente. Quando uso secador e difusor, sempre tento usar um protetor térmico ou um óleo. Também não costumo pegar muito sol, isso já ajuda a não desbotar.

A descoloração afetou os seus cachos?

LA: É uma pergunta que todo mundo me fez. Meus cachos são bem definidos e normalmente o descolorante agride muito. Eu tento ir fazendo aos poucos: o comprimento eu só descolori mesmo quando fui mudar a cor e agora só retoco a raiz. Faço o processo a cada 2 ou 3 meses, dependendo de como está a raiz e como isso está me incomodando, por que as vezes eu gosto desse efeito mais desbotado com a raiz escura. Acho que isso ajuda a manter os cachos mais definidos.

Além dos cuidados diários, você tem uma rotina de hidratação? Ou algum outro cuidado especial com o cabelo?

 

  • Protetor solar e hidratante também são indispensáveis na rotina de beleza da Larissa Aymes (Foto: Rachel Barros)
Tela cheia
Previous Next
Protetor solar e hidratante também são indispensáveis na rotina de beleza da Larissa Aymes (Foto: Rachel Barros)

LA: Quando eu tonalizo, sempre uso um creme branco. Dou preferência para os que tem óleo de argan e óleo de coco. Meu cabelo é muito oleoso naturalmente, mas como a descoloração resseca um pouco, sempre tento usar produtos que tenham esses óleos que ajudam muito.

Mas eu não faço muita coisa, não. No dia a dia eu só lavo, passo protetor térmico se for usar o difusor e amasso um pouquinho. Depois evito ficar mexendo muito.

E você também gosta de ousar nos cortes de cabelo?

 

LA: Eu sempre tive cabelão, mas senti que precisava mudar. Foi quando eu cortei curtinho. E quando você corta curtinho, você se acostuma e não consegue voltar. É muito prático e dá pra brincar mais com os penteados.

"Agora, toda vez que eu corto, acabo cortando mais do que a vez anterior."

Às vezes eu corto ele mais curtinho na nuca, às vezes prefiro ele mais retinho… Eu também gostei muito de franja! Sempre quis, mas tinha medo por causa do cabelo cacheado. Eu tenho uma amiga minha que corta a minha franja. Ela é do tipo de amiga que faz tudo, sabe?

O cabelo colorido também mudou sua maquiagem e o modo de se vestir?

LA: Totalmente! Com o cabelo rosa, eu tenho andado muito monocromática. Só uso preto, branco e algumas vezes um pouquinho de vermelho. Eu tenho evitado muito as roupas estampadas e coloridas.

E você tem uma rotina de cuidados com a pele?

LA: Eu gosto muito de fazer esfoliação caseira. Além disso, uso hidratante e protetor solar, porque minha pele é muito clara, então não abro mão do filtro.

Rapidinhas de beleza

Um corte de cabelo: Mais curtinho na nuca e com as pontas maiores

Uma cor de cabelo: Rosa

Um penteado: Rabo de cavalo bem alto

O que seu cabelo é pra você: Minha identidade

Redação: Marina Nardino

 

Temas relacionados
Cachos definidos

Saiba como ter um day after impecável